COPA SÃO PAULO

Sport, Náutico e Santa Cruz concordam com adiamento da Copinha 2021 por conta da pandemia

O comunicado da suspensão da competição veio por meio de nota oficial divulgada pela FPF ( Federação Paulista de Futebol)

postado em 26/11/2020 16:33 / atualizado em 26/11/2020 16:51


(Foto: Rodrigo Corsi / FPF-SP)
A Copa São Paulo de Futebol Júnior, competição que marca o início da temporada do futebol brasileiro, não será realizada em 2021. A competição é disputada desde 1969 e é tida por muitos como a principal competição de base do país. O comunicado veio por meio de  nota oficial divulgada pela FPF.

“É justamente a grandeza da Copinha que nos fez refletir neste momento difícil de pandemia de Covid-19. Desde agosto, a FPF vem conversando com autoridades médicas, do Governo de São Paulo, de prefeituras e dos clubes para viabilizar a realização da Copa São Paulo 2021. A partir de todas as informações colhidas e diante do cenário de pandemia, concluímos que mesmo um rigoroso protocolo de saúde não seria o suficiente para garantir segurança a atletas, árbitros e demais profissionais envolvidos nos jogos, além da população das cidades-sede. E acima de qualquer compromisso está a vida”, informou a FPF, em nota divulgada.

A reportagem do Diario de Pernambuco entrou em contato com os dirigentes do Sport, Náutico e Santa Cruz para saber a repercussão.

Sport

“Em primeiro lugar, a gente respeita a decisão que foi tomada. Ainda não temos uma vacina e, se tratando de atletas menores de idade e até alguns de maior idade, não podemos confiar. Temos que ter cautela quanto a isso. E quanto ao planejamento do clube, atrapalha muito. A Copa São Paulo é a primeira competição do ano, no início de janeiro, e o planejamento parte a partir dessa competição, a organização, a contratação de jogadores. Então, atrapalha muito, além de atrapalhar no âmbito esportivo, porque a Copinha serve pra dar maturação aos nossos atletas para o decorrer do ano, nas outras competições que sempre disputamos como a Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro. Também serve para a gente observar jogadores. Na última edição a gente trouxe dois atletas”, falou Luiz Gonzaga, diretor do Rubro-negro.

Náutico 
 
“A gente fica triste pela não realização. É um campeonato que todo atleta de base sonha em jogar, mas, por outro lado nós entendemos que essa competição não está sendo realizada por algum motivo, e o motivo é por conta da questão da Covid-19. Então as prefeituras que bancam a competição devem estar com dificuldades. O país todo está passando por um momento difícil. Vamos nos reunir e focar na competição que estamos disputando com o nosso sub-20, que é o Campeonato Pernambucano”, comentou Carlos José, dirigente Alvirrubro.

Santa Cruz
 
“A Copa São Paulo eu costumo dizer que é a Copa do Mundo das categorias de base. Todo atleta quer participar. E não tendo essa competição a gente deixa de dar cancha ao jogador que está no seu último estágio da base, já quase no profissional. Mas devemos entender que tudo isso é por conta da pandemia e devemos ser prudente e respeitar. Vamos continuar trabalhando para conquistar o Campeonato Pernambucano que nos dará uma vaga na Copa do Brasil”, destacou Ênio Faustino, diretor coral.