Morre, aos 96 anos, o ex-presidente do Vasco Antônio Soares Calçada

Considerado o dirigente mais vitorioso do clube, ele foi vítima de complicações causadas por uma infecção abdominal

postado em 05/08/2019 10:08 / atualizado em 05/08/2019 10:15

<i>(Foto: Jefferson Rudy/CB/D.A Press)</i>
 
Faleceu no Rio de Janeiro, nesta segunda-feira (5/8), o presidente mais vitorioso da história do Vasco da Gama, Antônio Soares Calçada, aos 96 anos. O ex-dirigente foi vítima de complicações causadas por uma infecção abdominal. Presidente de honra do clube, ele estava internado desde o dia 10 de julho.
 
Nascido em Portugal no dia 16 de abril de 1923, Calçada chegou ao Brasil em 1935 e em 1942 ingressou no quadro social do Clube. Foi eleito Conselheiro em 1948 e, já em 1950, assumiu seu primeiro cargo dentro do Vasco: diretor de tênis de mesa. Quatro anos depois, passou a ocupar a vice-presidência de futebol, percorrendo tal cargo nas gestões de José da Silva Rocha, Manoel Joaquim Lopes e Alberto Pires Ribeiro. 

Calçada ocupou a presidência do Gigante da Colina entre os anos de 1983 a 2000, período em que o clube conquistou algumas de suas maiores glórias:  três Campeonatos Brasileiros, uma Copa Libertadores e uma Mercosul. Além de sete Campeonatos Estaduais, o Bicampeonato da Liga Sul-Americana de Basquete e o Tricampeonato Estadual de Remo. 

Além de dirigir o Gigante da Colina como presidente durante o tempo citado, Calçada foi Diretor de Tênis de Mesa em 1959 e Vice-Presidente de Futebol nos anos de 1955, 1956, 1964, 1980, 1981 e 1982.

Calçada é o segundo presidente marcado na história do clube que morre em 2019. Em março, Eurico Miranda faleceu aos 74 anos. Um dos mais icônicos dirigentes havia sido internado em estado grave por conta de um longo tratamento contra o câncer.