BASQUETE

Anderson Varejão critica corte de 70% no salário e não renova com Flamengo

Varejão diz que faltou respeito na proposta oferecida pelo Flamengo; o ex-jogador da NBA ganhou três títulos com o clube

postado em 19/07/2019 14:31 / atualizado em 19/07/2019 16:19

<i>(Foto: Flamengo/Divulgação)</i>
“Faltou respeito, faltou consideração”, desabafou o ex-jogador da NBA sobre a proposta de renovação feita pelo Flamengo. Anderson Varejão voltou a jogar no Brasil em 2018 como o grande reforço do clube carioca após ter atuado 15 anos fora do país, em passagens pelo Barcelona, na Espanha, e pelos Golden State Warriors e Cleveland Cavaliers, nos Estados Unidos. O jogador se despede do clube da Gávea com três títulos conquistados no ano e meio que defendeu as cores rubro-negra: no NBB 2018/2019, na Copa Super 8 e no Campeonato Carioca, além da vaga para a Liga das Américas 2020. 

Apesar da passagem vitoriosa pelo Flamengo, Anderson Varejão criticou a proposta de redução de 70% do salário para renovar com o time para a próxima temporada. “Meu salário não era um ‘salário NBA, estava nos padrões do Brasil, mas uma proposta como essa é mais um ‘convite para sair’. Na semana passada, ofereceram isso. Sem conversa ou negociação, essa semana encerraram o assunto”, esbravejou o pivô. Varejão anunciou nesta sexta-feira (19/7) a recusa. 

Anderson Varejão segue com destino indefinido. O pivô recebeu sondagens de equipes do Brasil e da Europa, mas deixou claro que foi surpreendido com a falta de acordo com o Flamengo. “Quando voltei ao Brasil, meu pensamento era encerrar a carreira no Flamengo. Ao final da temporada, falei da vontade de ficar na Gávea. Mas a vontade tinha que ser do clube também”, lamentou. 

<i>(Foto: Divulgação/Fiba)</i>


Varejão não esconde a decepção com a diretoria do Flamengo, mas fez questão de agradecer aos torcedores que o abraçaram enquanto o namoro com o clube carioca durou. “Foi tudo muito intenso, foi realmente especial. Sempre deixei o meu máximo em cada jogo. Essa é a maneira que tenho de retribuir o carinho da torcida, que me abraçou desde o primeiro dia no Rio de Janeiro. Fiquei chateado pela maneira como acaba a minha passagem pelo Flamengo. Faltou respeito. Mas, infelizmente, é assim que as coisas são”, completou.

Compromisso com a Seleção Brasileira


Varejão se esquivou das perguntas sobre possivéis clubes ao dizer que o foco no momento está no compromisso que terá com a Seleção Brasileira. De 31 de agosto a 15 de setembro, ele defenderá o Brasil na Copa do Mundo FIBA China 2019. O elenco brasileiro se apresenta no dia 25, em Anápolis (GO), e o pivô almeja aproveitar o tempo de mais de um mês para fazer uma boa preparação para o Mundial. 

"Agora estou 100% concentrado na Seleção, em fazer o meu melhor e ajudar a equipe a fazer uma boa campanha no Mundial. Temos um grupo de qualidade, que mescla experiência e juventude, jogadores com bastante rodagem e jovens com uma boa bagagem também”, comentou Varejão. O Brasil está no Grupo F da Na Copa do Mundo de Nanjing, ao lado de Grécia, Montenegro e Nova Zelândia.