BASQUETE

Universo/Brasília é atropelado pelo São Paulo e se complica no NBB

Com a quinta derrota consecutiva, time brasiliense se distancia da zona de classificação para os playoffs, restando nove jogos para o fim da primeira fase

postado em 13/02/2020 22:58 / atualizado em 13/02/2020 23:12

(Foto: Wallace Martins / Divulgação)
 
Em partida em que dominou do início ao fim, o São Paulo bateu o Universo/Brasília, por 96 x 73, nesta quinta-feira (13/2), no Ginásio da Asceb, e complicou ainda mais a vida do time da capital no NBB. Com a derrota, os brasilienses chegam ao quinto resultado negativo consecutivo e seguem fora da zona de playoffs. No sábado (15/2), a equipe volta à quadra para enfrentar o Paulistano, às 17h, no mesmo local.
 
O Universo/Brasília não foi páreo para o São Paulo. Dominante em todo o confronto, o tricolor paulista impôs o ritmo desde o primeiro quarto e assegurou uma vitória tranquila na capital federal. Liderados por Georginho, melhor jogador da liga na temporada, e Leo Meindl, que somaram 47 pontos, 17 rebotes e 11 assistências, os paulistas confirmaram o favoritismo. As parciais dos períodos foram de 15 x 30, 17 x 23, 23 x 23 e 18 x 20.
 
26 pontos
Marca do ala Leo Meindl, do São Paulo, cestinha do jogo 
 
Com o resultado, os brasilienses seguem na 13ª colocação do NBB, com seis vitórias e 15 derrotas, fora da zona de classificação aos playoffs. Com nove rodadas restantes, o time de Brasília precisa tirar uma desvantagem de três triunfos em relação ao Rio Claro, que ocupa a última vaga de acesso ao mata-mata. 
 
“O campeonato só acaba quando termina. Se for para morrer, vamos morrer atirando. Considero o São Paulo o time mais difícil, porque são altos e têm boa mão”, salientou Ricardo Oliveira, técnico do Universo/Brasília, sobre as chances de classificação à fase final.
 
685 pessoas 
Público presente no Ginásio da Asceb
 
Apesar da derrota, Ronald Hudson, pivô do time brasiliense e recém-convocado para a Seleção Brasileira, fez boa partida. O jogador liderou a equipe, com 22 pontos e sete rebotes.
 
O tricolor paulista, um dos favoritos ao título, chegou ao sétimo triunfo seguido e se mantém na terceira colocação do NBB, empatado em número de vitórias com o Franca, segundo colocado. O tricolor volta às quadras no dia 29, no clássico contra o Corinthians.

*Estagiário sob a supervisão de Fernando Brito