Cruzeiro

CRUZEIRO

CBF libera conversa entre árbitro e VAR no lance da expulsão de zagueiro do Santos, em jogo contra o Cruzeiro

Com auxílio do vídeo, Daronco aplicou vermelho a Gustavo Henrique

postado em 20/08/2019 11:15 / atualizado em 20/08/2019 12:07

<i>(Foto: Lucas Figueiredo/CBF)</i>
O Presidente da Comissão Nacional de Arbitragem da CBF, Leonardo Gaciba, divulgou parte do áudio da conversa entre o árbitro Anderson Daronco e o árbitro de vídeo na partida entre Cruzeiro e Santos, pela 15ª rodada do Campeonato BrasileiroNo jogo, vencido pelo Cruzeiro por 2 a 0, Daronco utilizou o auxílio do VAR e expulsou o zagueiro Gustavo Henrique, do Santos, por dar um carrinho em Pedro Rocha, que ia em direção ao gol. O árbitro de campo chegou a dar continuidade à jogada, mas, após ser alertado pelo VAR, reviu o lance no vídeo e mostrou cartão vermelho para o defensor santista. Os áudios foram divulgados durante o programa Bem Amigos, do Sportv, nessa segunda-feira.

De dentro da cabine, o árbitro de vídeo Caio Max Augusto Vieira e seus assistentes Daniel Nobre Bins e Jose Eduardo Calza analisam a jogada e sugerem ao árbitro de campo Anderson Daronco que reveja o lance por possível DOGSO (denying an obvious goal scoring opportunity, ou, em tradução livre, situação em que um jogador impede uma chance clara e manifesta de gol do adversário). Veja a transcrição da conversa:

Cabine do VAR: Possível falta. Checando. Pode ser DOGSO.

Árbitro de campo: Primeiro pega a bola, por baixo.

Cabine do VAR: Aguarde, Daronco! Aguarde. Checando.

Árbitro de campo: Calma. 

Cabine do VAR: Checando. Possível falta com DOGSO.

Árbitro de campo: Eu considerei que foi toque na bola.

Cabine do VAR: Daronco, o jogador não atinge a bola. Suguiro uma revisão do lance
por possível DOGSO. Vou te mandar a imagem nas câmeras 4 e 3.

Árbitro de campo: Volta essa imagem... Perfeito. A falta eu já tenho certeza que é. Estou muito inclinado a falta e cartão vermelho. Qual a opinião da cabine?

Cabine do VAR: Nós somos unânimes. Unânime DOGSO. O número dele é o seis. Tempo de checagem, 1min53s até agora.

Árbitro de campo: Houve o toque, houve a falta, eu vi. 

Tags: árbitro de vídeo Anderson Daronco cruzeiroec santossp var futinternacional futnacional seriea