Cruzeiro

CRUZEIRO

Fuga da Série C: Luxemburgo assume Cruzeiro em cenário igual ao de Felipão

Em 2021, experiente treinador carioca encontra dificuldades muito semelhantes às enfrentadas pelo comandante gaúcho em 2020

postado em 03/08/2021 15:22

(Foto: Divulgação/Cruzeiro)


A chegada de Vanderlei Luxemburgo, anunciada nesta terça-feira (3) pelo Cruzeiro, traz muitas coincidências com o período em que Felipão assumiu a Raposa, em 15 de outubro de 2020. A começar pela principal: os dois experientes treinadores foram contratados com a missão de livrar o clube do rebaixamento à Série C - ainda que a diretoria tenha estabelecido como objetivo, nos dois casos, o acesso.
 
Ambos os técnicos fecharam com o Cruzeiro após a 15ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Felipão chegou com o time na 19ª posição, com 12 pontos. Por sua vez, Luxa assume a equipe celeste em 2021 no 18° lugar, com 13 pontos. 
 
Em termos de acesso, mais uma vez, cenários parecidos: enquanto o gaúcho chegou ao Cruzeiro com 1,1% de chances de subir à Série A, o carioca vem para sua terceira passagem no time mineiro com apenas 0,64% de possibilidade de retornar à elite.
 
Em 2020, o Cruzeiro teve dois comandantes na Segundona antes da apresentação de Luiz Felipe Scolari. Enderson Moreira e Ney Franco foram seus antecessores. Na atual temporada, Felipe Conceição e Mozart comandaram o clube na Série B antes do acordo com Vanderlei Luxemburgo.
 
Por fim, Luxa também foi contratado num momento em que o Cruzeiro está impedido de realizar contratações. O clube tem duas punições de transfer ban impostas pela Fifa relativas a débitos com o Defensor-URU, pela contratação de Arrascaeta (R$ 7 milhões), e com o Mazatlán-MEX, pela aquisição de Riascos (R$ 6 milhões).

Em 2020, para acertar com o Cruzeiro, Scolari exigiu pagamento da dívida e reforços. Sob seu comando, chegaram apenas os atacantes William Pottker e Rafael Sobis.
 
Impossibilitado de pedir reforços, a princípio, Luxemburgo terá a missão de definir um padrão tático com suas atuais possibilidades no Cruzeiro para livrar a equipe da chance de rebaixamento à Série C. Para conquistar o acesso à Série A, o treinador precisará de uma grande arrancada e de um aproveitamento semelhante ao do Brasileirão de 2003, quando se sagrou campeão com a Raposa.

Tags: brasileiro série b vanderlei luxemburgo felipão serieb interiormg futnacional luiz felipe scolari seriea mercadobola sérgio santos rodrigues