Cruzeiro

CRUZEIRO

Marcinho revela como prefere atuar no Cruzeiro e enaltece Luxa: 'Vitorioso'

Meia também falou sobre a promessa de tirar o time do Z4

postado em 03/08/2021 16:15 / atualizado em 03/08/2021 17:47

(Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro)

Um dos poucos destaques do Cruzeiro em meio à fraca campanha na Série B do Campeonato Brasileiro, o meia Marcinho revelou em entrevista nesta terça-feira como prefere atuar na equipe. O desejo do camisa 11 é ficar “solto” para transitar tanto pelo lado direito quanto pelo esquerdo, de modo que dê opções de passe aos companheiros e apareça com mais frequência nas finalizações. Ele relembrou a boa participação a serviço do Sampaio Corrêa na segunda divisão de 2020, quando marcou oito gols e deu cinco assistências em 37 partidas.


“Estou aqui para ajudar o Cruzeiro, independentemente da formação e de como vou jogar no meio. Mas a formação que eu me encaixaria bem é jogando solto quando a gente estiver com a bola, tanto pela direita quanto pela esquerda, buscando o jogo e dando opções aos meus companheiros. É uma formação que vinha jogando bem no Sampaio e me encaixei bem jogando desse jeito. Estou aqui no Cruzeiro, para ajudar de qualquer forma, seja jogando pela direita, pela esquerda, livre, sempre com responsabilidade. Qualquer formação vou tentar me encaixar para ajudar o Cruzeiro”.

Na Série B 2021, Marcinho fez um gol e deu três assistências em 12 jogos. Os números são modestos em comparação à boa performance apresentada pelo Sampaio na temporada passada. Além disso, o Cruzeiro vive situação bastante dramática de luta contra o rebaixamento à Série C. São nove partidas sem vitória - três derrotas e seis empates - e apenas 13 pontos em 15 rodadas. A distância para os times que brigam pelo acesso é gigante - o Avaí, 4º colocado, soma 26 pontos, e o Náutico, líder, tem 30. O jogador comentou as dificuldades e garantiu que o grupo está fechado para mudar o cenário.


“Eu venho batendo na tecla todos os dias, porque é triste a gente chegar em casa depois de uma derrota e um empate, vê nossa família triste, isso dói muito. Para milhares de cruzeirenses, isso não está sendo fácil no dia a dia. Mas vim aqui dizer que nós jogadores estamos focados e fechados em sair dessa situação o mais rápido possível. Isso é um incômodo muito chato, porque não queríamos estar nessa situação. Só nós vamos conseguir sair dessa situação o mais rápido possível para conseguir nosso objetivo no campeonato”.

Nesta terça-feira, o Cruzeiro anunciou o retorno de Vanderlei Luxemburgo, campeão da Tríplice Coroa em 2003 - Campeonato Mineiro, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro - e 15º técnico que mais dirigiu o clube, com 126 partidas (74 vitórias, 25 empates e 27 derrotas). Marcinho falou sobre a felicidade de trabalhar com Luxa, destacou a carreira vitoriosa do novo comandante e reforçou a confiança em livrar o clube do fantasma da terceira divisão já com uma vitória sobre o Brusque, às 11h de sábado, no estádio Augusto Bauer, em Santa Catarina, pela 16ª rodada da Série B.

“É um cara vitorioso, eu só via notícia e acompanhava pela televisão. Hoje poder trabalhar com ele é uma enorme felicidade. Espero que ele possa ajudar nosso grupo com trabalho. Que a gente também possa se doar nos treinamentos e assimilar o mais rápido possível a filosofia de trabalho dele. Que a gente possa ter sucesso com o Vanderlei e saia dessa zona de desconforto o mais rápido possível. Que todos nós juntos possamos ter o sucesso que o Cruzeiro merece”.

Tags: Cruzeiro serieb interiormg futnacional Vanderlei Luxemburgo Marcinho