Santos

CAMPEONATO BRASILEIRO

Santos quer explorar má fase do Grêmio para ganhar 1ª fora no Brasileirão

Jogo será disputado nesta quinta-feira, às 21h30, em Porto Alegre

postado em 24/06/2021 09:11

(Foto: Ivan Storti/Santos FC)


Derrotas para Bahia e Fluminense e nenhum gol marcado. Jogar fora de casa neste Brasileirão não vem sendo bom para o Santos. Mas a confiança no grupo é que a primeira vitória sairá nesta quinta-feira, às 21h30, em Porto Alegre. Com velocidade no ataque e o carrasco Kaio Jorge empolgado, a ordem é explorar a má fase do Grêmio para voltar com três pontos na bagagem da Arena.

Fernando Diniz acredita que Marinho, Marcos Guilherme e Kaio Jorge podem ter mais espaço para atuar por causa da necessidade de o Grêmio se lançar atrás do primeiro ponto. Só com derrotas, os gaúchos devem abrir mão de suas tendências defensivas, o que pode ser um fator favorável ao Santos.

O treinador santista quer, porém, que seus homens de frente não desperdicem as chances criadas como ocorreu diante do Bahia e, sobretudo, na visita ao Fluminense. O Santos criou muito e não acertou o alvo. Pagou caro, com derrotas.

Para mudar a história nas visitas, Diniz trabalhou muitas finalizações no treino realizado no CT do Internacional. Seus jogadores foram bastante exigidos para não falharem quando saírem na cara do goleiro. Kaio Jorge ouviu a todo momento que podia "fazer gols".

"Vai ser um jogo bem difícil, nós sabemos bem da grandeza do Grêmio. Mas estamos vindo aqui para nos impor e conquistar a vitória", afirmou Kaio Jorge, que fez quatro gols nos últimos jogos contra os gaúchos. "Sobre os gols na temporada passada, creio que é fruto de muito trabalho. Os jogos contra eles ano passado foram muito abertos, isso acabou facilitando meu desempenho e fui feliz. Se puder marcar mais um e ajudar meus companheiros será muito bom, com certeza."

O técnico Fernando Diniz não mexerá muito na equipe que ganhou o clássico. O volante Alison cumpriu suspensão e está de volta. Mesmo se destacando contra o São Paulo, Camacho deve voltar à reserva. No gol, João Paulo ganha chance com a lesão no joelho de John Victor.

Após perder os três jogos realizados no Brasileirão, o técnico Tiago Nunes resolveu barrar alguns jogadores e optar por jovens talentos que já vinham sendo pedidos pelos torcedores. Tudo para acabar com a má impressão na competição e iniciar a redenção.

Sem Brenno, com COVID-19, Paulo Victor tinha chance de mostrar que ainda pode ser o goleiro do clube. Mas bastou um jogo para ser preterido. Gabriel Chapecó ganha a chance, assim como o meia Victor Bobsín e o atacante Léo Chú. Luiz Fernando e Jhonata Robert são os outros sacados. A ordem é apenas uma: ganhar a primeira.

"A gente teve uma semana maravilhosa de trabalho, todo mundo está confiante e sabe da nossa qualidade e do objetivo que temos", afirmou o lateral-direito Rafinha. "Temos a oportunidade nessa partida contra o Santos."