Basquete

NBA

Phoenix Suns e Milwaukee Bucks iniciam duelo pelo título de campeão da NBA

Suns busca primeiro título, enquanto o Bucks mira o segundo; equipes chegam pela terceira vez na história às finais da principal liga de basquete do mundo

postado em 06/07/2021 06:18 / atualizado em 06/07/2021 06:32

(Foto: Christian Petersen/AFP)
Começam nesta terça-feira (6) as finais da NBA, principal liga de basquete do mundo. Campeão da Conferência Oeste, o Phoenix Suns enfrenta o Milwaukee Bucks, campeão da Conferência Leste, em uma tradicional série decidida em melhor de sete jogos.

Para chegar à terceira final da história da franquia (a primeira desde 1993), o Phoenix Suns passou pelo favorito e atual campeão Los Angeles Lakers na primeira rodada (4 a 2 na série); Denver Nuggets (4 a 0) na semifinal de conferência; e Los Angeles Clippers (4 a 2) na final do Leste. O Suns busca o primeiro título de NBA de sua história e também tem um vice-campeonato em 1976.

Já o Milwaukee Bucks, longe das finais da NBA desde 1974, deixou para trás o atual vice-campeão Miami Heat na primeira rodada (4 a 0); o favorito Brooklyn Nets (4 a 3) na semifinal de conferência; e Atlanta Hawks (4 a 2) na final do Leste. O Bucks busca o segundo título, já que conquistou a liga em 1971, na terceira participação em finais.

(Foto: Gary Dineen/NBAE)
Na temporada regular (adaptada de 82 para 72 jogos e com reabertura gradual dos ginásios), as equipes se enfrentaram duas vezes, em partidas acirradas. Em 10 de fevereiro, em Phoenix, Arizona, o Suns venceu por 125 a 124. Já em 19 de abril, em Milwaukee, Wisconsin, o time do técnico Monty Williams bateu novamente os treinados por Mike Budenholzer, agora na prorrogação, por 128 a 127.

Playoffs marcados por lesões


Os playoffs desta temporada foram marcados por lesões de vários jogadores, o que atrapalhou as ambições de algumas equipes tidas como favoritas. As ausências de James Harden e Kyrie Irving (estiramento na perna esquerda e torção no tornozelo direito, respectivamente), armadores do Nets, Anthony Davis (lesão na virilha esquerda), ala-pivô do Lakers, e Kawhi Leonard (lesão no ligamento cruzado anterior do joelho direito), ala do Clippers, foram as mais sentidas.

O Suns chega ileso às finais, mesmo com problemas envolvendo o armador e líder da equipe Chris Paul (protocolos de segurança para COVID-19) e o ala-armador Devin Booker (fratura no nariz) durante os mata-matas. Por outro lado, o Bucks sofre com a ausência por tempo indeterminado do ala grego Giannis Antetokounmpo, depois de ele ter uma hiperextensão do joelho esquerdo durante o quinto jogo das finais do Leste.

Datas, horários e transmissões para o Brasil


Por ter melhor campanha na temporada regular, o Suns (segundo colocado do Leste na fase classificatória, enquanto o Bucks foi o terceiro do Leste), poderá decidir um possível sétimo e decisivo jogo em casa. As finais, que começam às 22h (de Brasília) desta terça-feira, serão transmitidas por Band (TV aberta) e ESPN (TV por assinatura). A expectativa de público é alta. O acesso será liberado a torcedores vacinados contra a COVID-19 ou que apresentem teste PCR negativo, além de seguir as devidas orientações.

Veja, abaixo, o calendário de jogos das finais da NBA:

Jogo1: 06/07/2021 (terça-feira), 22h (de Brasília) - Phoenix Suns x Milwaukee Bucks

Jogo 2: 08/07/2021 (quarta-feira), 22h (de Brasília) - Phoenix Suns x Milwaukee Bucks

Jogo 3: 11/07/2021 (domingo), 21h (de Brasília) - Milwaukee Bucks x Phoenix Suns

Jogo 4: 14/07/2021 (quarta-feira), 22h (de Brasília) - Milwaukee Bucks x Phoenix Suns

Jogo 5*: 17/07/2021 (sábado), 22h (de Brasília) - Phoenix Suns x Milwaukee Bucks

Jogo 6*: 20/07/2021 (terça-feira), 22h (de Brasília) - Milwaukee Bucks x Phoenix Suns

Jogo 7*: 22/07/2021 (quinta-feira), 22h (de Brasília) - Phoenix Suns x Milwaukee Bucks

* se necessário

Olímpicos


De todos os jogadores envolvidos na final, três estão convocados pela Seleção Estadunidense para os Jogos Olímpicos de Tóquio e, a depender do encaminhamento da final da NBA, não terão descanso para a disputa olímpica. O armador Jrue Holiday e o ala Khris Middleton, do Milwaukee Bucks, e o ala-armador Devin Booker, do Phoenix Suns, estão listados ao campeonato que começa para os Estados Unidos em 25 de julho, contra a França. A dispensa de alguns deles não é descartada.

Campeões inéditos


Todos os jogadores envolvidos nas finais desta temporada da NBA nunca conquistaram um anel de campeão. A maior espera diz respeito ao armador Chris Paul, do Phoenix Suns, que aos 36 anos liderou a equipe para a final.

Paul já defendeu New Orleans Hornets, Los Angeles Clippers, Houston Rockets e Oklahoma City Thunder e nunca tinha chegado às finais, mesmo com atuações de destaque e algumas lesões durante a trajetória. "CP3", como também é chamado, foi selecionado quatro vezes para o quinteto ideal da NBA, além de ser bicampeão olímpico com a seleção dos Estados Unidos, em Pequim-2008 e Londres-2012.

Experiência digital ao fã brasileiro


A NBA Brasil preparou para o apaixonado por basquete no país uma experiência a mais: a NBA House Digital 2021. O evento, que aconteceu pela última vez de forma física em 2019, em São Paulo, agora se apresenta de forma virtual e remota aos fãs da principal liga de basquete do mundo.

A ação da NBA House promete acesso pelo site nbahouse.com.br e receberá o público até dias depois do último dia das finais. Com diversas ações interativas, a plataforma estará "aberta" 24 horas por dia e será possível navegar pela NBA House Digital até 25 de julho. Para acesso nos dias de jogos, com atrações especiais, será necessário pagar o ingresso individual de R$ 4.

Tags: basquete final nba phoenix suns milwaukee bucks