COB embarca para Japão e inicia montagem da estrutura da Missão Brasileira

Primeiros integrantes da Missão Brasileira também passarão pela Vila Olímpica para deixar tudo pronto antes da chegada dos oficiais e atletas

17/06/2021 18:41
compartilhe
Primeiros integrantes da Missão Brasileira também passarão pela Vila Olímpica para deixar tudo pronto antes da chegada dos oficiais e atletas
foto: COB/divulgação

Primeiros integrantes da Missão Brasileira também passarão pela Vila Olímpica para deixar tudo pronto antes da chegada dos oficiais e atletas

O Comitê Olímpico do Brasil (COB) já está a caminho de Tóquio. Dez profissionais de logística e infraestrutura da entidade embarcaram definitivamente nesta quinta-feira rumo à sede dos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020 para iniciar a montagem da estrutura das nove bases de apoio do Time Brasil no Japão. Os primeiros integrantes da Missão Brasileira também passarão pela Vila Olímpica para deixar tudo pronto no prédio do Brasil antes da chegada dos oficiais e atletas. A primeira equipe brasileira a desembarcar no Japão será a canoagem slalom, no dia 6 de julho

"Agora começamos a operação Games Time. Os primeiros integrantes da nossa missão no Japão serão fundamentais para vermos a dinâmica de controle e os protocolos estabelecidos pelos organizadores em funcionamento. Eles serão os nossos primeiros olhos em Tóquio e darão a visão real de como tudo está acontecendo. Temos total convicção de que o trabalho de montagem da estrutura inicial será bem feito para que tudo esteja pronto da melhor forma para a chegada dos nossos atletas", afirmou Marco La Porta, chefe da Missão Brasileira nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020.

Desde 2018, o COB enviou 20 contêineres para o Japão com mais de 20 toneladas de materiais e equipamentos esportivos para aparelhar as bases do Time Brasil, a Vila Olímpica e as demais instalações que serão utilizadas pela delegação nacional. Agora, caberá aos primeiros integrantes da Missão Brasileira a separação destes itens e o transporte para os locais, além da montagem de toda estrutura.

Entre os equipamentos esportivos enviados, destacam-se: barcos e botes (vela); tatames para os esportes de combate; sacos de boxe; aparelhos de musculação; e materiais de treinamento do levantamento de pesos. Além disso, a equipe precursora fará o recebimento e distribuição dos uniformes do Time Brasil para todos os locais onde haverá atletas. O número de itens enviados ao Japão cresceu ainda mais por conta da pandemia. Priorizando a saúde da delegação brasileira, o COB adquiriu 85 mil máscaras descartáveis, 12.500 sapatilhas TNT, 400 borrifadores de álcool e 250 aventais, entre outros produtos.

Um dos diferenciais do planejamento do COB para Tóquio são as bases de apoio. Serão locais exclusivos, com total privacidade e rigorosos protocolos estabelecidos pelo COB para garantir a segurança da delegação na fase final de preparação. Entre 2018 e 2019, o COB levou 10 equipes de oito modalidades para o Japão e realizou testes em grande parte destas instalações.

Ao todo, 333 atletas e comissões técnicas passaram pelos locais para treinamentos e simulações das operações. Além de toda estrutura para treinamento e recuperação dos atletas, o COB dará uma atenção especial à questão da alimentação. Em todas as bases de apoio do Time Brasil haverá culinária brasileira para que o atleta se sinta em casa no Japão, além de evitar o refeitório da Vila Olímpica, considerado um possível foco de contaminação.

Atualmente com 272 vagas garantidas, a previsão é que o Time Brasil tenha entre 280 e 300 atletas nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020 e quase 700 pessoas em toda delegação.

Compartilhe