Brasil de Douglas, Wallace e Lucarelli vence na estreia do vôlei em Tóquio

Ao som de música brasileira, time supera início irregular e derrota Tunísia por 3 a 0

24/07/2021 01:29 / atualizado em 24/07/2021 01:39
compartilhe
Douglas saiu do banco para anotar 10 pontos na vitória sobre a Tunísia
foto: Yuri Cortez/AFP

Douglas saiu do banco para anotar 10 pontos na vitória sobre a Tunísia

A espera para ver a estreia do Brasil em quadra nos Jogos Olímpicos de Tóquio foi maior do que o esperado. Afinal, o jogo do time masculino de vôlei atrasou em uma hora por conta do tempo de duração da partida anterior, vencida pela Itália por 3 sets a 2 sobre o Canadá. Mas valeu a pena ficar acordado até mais tarde. Após um início irregular, a equipe - que voltou a ser comandada pelo técnico Renan Dal Zotto, recuperado da COVID-19 - superou a boa atuação da Tunísia para vencer por 3 a 0 (parciais de 25 a 22, 25 a 20 e 25 a 15).
 
Vazia, a Arena Ariake - palco dos jogos de vôlei de quadra na Olimpíada - pulsava ao som do DJ, que mostrou conhecimento da música brasileira. O repertório foi desde clássicos de Ivete Sangalo e Legião Urbana até os hits de Barões da Pisadinha, um dos grandes sucessos nacionais dos últimos anos.
 
Na quadra, o oposto Wallace e o ponta mineiro Ricardo Lucarelli foram os maiores pontuadores da partida, com 13 e 10 pontos, respectivamente. Pelo lado tunisiano, Wassim Ben Tara foi o grande destaque - especialmente nos dois primeiros sets, quando o Brasil sofreu mais.
 
Se o ataque funcionava bem, o bloqueio brasileiro não encaixou tão bem. Mas, no fim das contas, as coisas saíram como o planejado contra aquela que deve ser a última colocada do forte grupo do Brasil, que ainda tem Argentina, Estados Unidos, França e o time do Comitê Olímpico Russo.
 
Durante a partida, Dal Zotto resolveu dar rodagem ao time e deixou alguns dos principais jogadores na reserva. Queridinho da torcida pelo jeito descontraído e postagens engraçadas nas redes sociais, o ponta Douglas foi um dos acionados e se saiu muito bem. Ele terminou a partida com 10 pontos.
 
O Brasil volta à quadra da Arena Ariake num horário melhor na segunda rodada do Grupo B: às 9h45 desta segunda-feira. O adversário será a Argentina, que, apesar de ainda não ter conseguido grandes resultados em torneios de peso, conta com jogadores importantes do vôlei mundial.

Compartilhe