Raíssa Machado ganha a prata no lançamento de dardo da classe F56

Última atleta a participar da prova, ela alcançou sua melhor marca, de 24,39 metros, no terceiro lançamento

31/08/2021 13:54 / atualizado em 31/08/2021 13:59
compartilhe
Raíssa nasceu com má-formação nas pernas. Aos 12 anos, começou a praticar lançamento de dardo
foto: Philip FONG / AFP

Raíssa nasceu com má-formação nas pernas. Aos 12 anos, começou a praticar lançamento de dardo

Também nesta terça-feira, a brasileira Raíssa Machado conquistou a medalha de prata no lançamento de dardo da classe F56 (cadeira de rodas) dos Jogos Paralímpicos de Tóquio.

Última atleta a participar da prova, ela alcançou sua melhor marca, de 24,39 metros, no terceiro lançamento.

O ouro fico com a iraniana Moavi Motaghian, que conseguiu a marca de 24,50m, com direito a recorde mundial. O lançamento da Raíssa também superou o recorde anterior, que pertencia à alemã Martina Willing, com 24,03m.

O bronze foi para Diana Dadzite, da Letônia, com 24,22m.

Raíssa nasceu com má-formação nas pernas. Aos 12 anos, começou a praticar lançamento de dardo.

Ela foi bronze no Mundial de Dubai'2019 e nos Jogos Parapan-Americanos de Lima, no mesmo ano.

Compartilhe