UAI

2

Galo perde para Ferroviária e decidirá sorte em duelo direto no Brasileiro

Vingadoras buscam reação, mas são batidas na Fonte Luminosa e jogarão em casa diante do Real Brasília, domingo, para garantir classificação

03/08/2022 20:59
compartilhe
Atlético mostrou muita vontade, mas foi superado pela Ferroviária
foto: Atlético/Twitter

Atlético mostrou muita vontade, mas foi superado pela Ferroviária


O Atlético lutou até o fim, teve chances de sair até com um empate, mas acabou batido pela Ferroviária por 2 a 1, nesta quarta-feira, no Estádio Fonte Luminosa, em Araraquara-SP, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro Feminino A1. Laryh marcou duas vezes para a equipe paulista, enquanto Soraya descontou para as Vingadoras. 

A derrota não tira do Atlético a chance de avançar entre os oito primeiros que vão ao 'mata-mata'. O Galo permaneceu com 19 pontos e terá confronto direto com o Real Brasília na 15ª rodada, que fecha a primeira fase do Brasileirão Feminino. O jogo será neste domingo, às 11h, no Sesc Alterosas, em BH. 

A Ferroviária ultrapassou o Galo e chegou aos 21 pontos. O time paulista vai decidir a classificação às oitavas de final diante do já rebaixado Cresspom, também neste domingo, às 11h, no Estádio Abadião, no Distrito Federal. 

O JOGO

O jogo desta quarta-feira marcou o retorno da técnica Lindsay Camila à Fonte Luminosa. A técnica do Galo teve passagem vitoriosa pela Ferroviária, com destaque para a conquista da Libertadores Feminina de 2020, decidida em 2021. Mas o time da casa tomou a inicativa e foi melhor na maior parte do tempo. 

A Ferroviária só abriu o placar no fim da primeira etapa. Aos 41min, Laryh aproveitou cochilo da defesa alvinegra, entrou pela área e tirou do alcance da goleira: 1 a 0. Aos 45, as Guerreiras desperdiçaram chance incrível de ampliar, com Barrinha. 

Na etapa final, o Atlético voltou determinado, mas a Ferroviária era melhor em campo. Mesmo assim, o Galo buscou o empate aos 18min. Soraya arriscou o chute de longe, a goleira se atrapalhou ao tentar fazer a defesa e a bola morreu nas redes: 1 a 1. 

A alegria das Vingadoras durou pouco. Aos 30min, Eudimilla entrou na área, driblou Raíssa e foi derrubada pela goleira. O pênalti claro foi marcado e Laryh bateu de forma eficiente, para garantir o triunfo da Ferroviária: 2 a 1. A atacante do time grená se transformou na maior artilheira do Brasileirão Feminino na história, com 56 gols. Na atual edição, ela balançou a rede seis vezes.


Compartilhe