América

AMÉRICA

Após eliminação, América vira a chave em busca do tri da Série B

Fortalecido por campanha histórica na Copa do Brasil, Coelho retoma foco para garantir acesso e buscar o título da segunda divisão

postado em 31/12/2020 07:00 / atualizado em 31/12/2020 01:38

(Foto: Mourão Panda/América)
Após o fim de uma campanha histórica na Copa do Brasil, o América 'vira a chave' em busca de duas metas: concretizar o acesso à Série A do Campeonato Brasileiro e conquistar o tricampeonato da Série B. No próximo sábado (2), o Coelho enfrenta o Guarani, às 21h, no Estádio Brinco de Ouro, em Campinas, pela 32ª rodada da competição.

O clube mineiro é o vice-líder, com 60 pontos - dois a menos que a líder Chapecoense. A equipe de Lisca tem 12 pontos de vantagem para o CSA, primeiro clube fora da zona de classificação à Série A.

O América vem de seis partidas de invencibilidade na Série B. Nesse período, foram cinco vitórias e um empate. De acordo com o Departamento de Matemática da UFMG, uma equipe que chegar aos 64 pontos tem 99,9% de probabilidade de acesso à Série A. Para atingir essa marca, o América precisa somar quatro pontos em sete jogos - uma vitória e um empate, por exemplo.

Com o acesso encaminhado, o Coelho também mira o tricampeonato da Série B. Ainda segundo a UFMG, a equipe mineira tem 34,5% de chances de conquistar o título. 

A Chapecoense, grande rival do América na briga pela taça, receberá o Brasil de Pelotas no próximo domingo (3). A partida será realizada às 16h, na Arena Condá, em Chapecó. Em caso de tropeço (empate ou derrota) dos catarinenses e vitória do time mineiro, o Coelho assumirá a liderança.
 

Palavra do comandante

 

O técnico Lisca adota um discurso mais cauteloso e foca na principal meta do clube em 2020: o acesso. O treinador se queixou pelo curto tempo de treinamento ocasionado pelo calendário do futebol brasileiro.

 

"Nós vamos buscar primeiro a classificação. Ainda precisamos de mais pontos. (...) Temos treino à tarde, não paramos. O calendário da Série B e da Copa do Brasil ficou bem pesado. A gente não conseguiu preparar o time da maneira que a gente queria para os jogos contra o Palmeiras, porque temos que ter atenção na Série B, uma competição muito acirrada", afirmou.

 

"A melhor coisa no futebol é o próximo jogo, porque ele já dá a possibilidade de recuperação e vamos trabalhar em cima disso. Com dificuldade, já que temos um adversário qualificado e que está treinando há dez dias nos esperando. Vamos tentar buscar um jogo forte e uma vitória que nos colocaria com o pé na Série A do ano que vem", completou. 

Tags: acesso titulo serieb tricampeonato americamg interiormg futnacional seriea