América

AMÉRICA

Satisfeito no América, Lisca garante que só sai por 'proposta irrecusável'

Valorizado, técnico pretende cumprir o planejamento no Coelho

postado em 18/04/2021 06:33

(Foto: Mourão Panda/América)

Técnico mais longevo no comando entre os clubes que disputarão o Campeonato Brasileiro da Série A este ano, Lisca é um alvo cada vez mais em vista no mercado. Mas ele disse que está satisfeito no Coelho e vê o fato de ter o nome comentado para dirigir outras equipes como fruto de um trabalho de sucesso no alviverde. De contrato firmado até o fim da temporada, o treinador frisou que o objetivo é desenvolver o planejamento traçado com a diretoria e que só uma oferta irrecusável poderia quebrar o compromisso.



Lisca agradeceu ao América pela confiança no trabalho, desde o Mineiro do ano passado e que alcançou o ápice com a campanha de acesso na Série B, com o Coelho retormando à elite como vice-campeão. Além disso, o time alviverde fez sucesso na Copa do Brasil na temporada passada, eliminando gigantes como Corinthians e Internacional e só parando nas semifinais, diante do Palmeiras. 

"Fico muito feliz e agradeço à diretoria do América. Em especial ao ex-presidente Marcus Salum, que me deu essa oportunidade. É uma diretoria nova, muito integrada ao Salum, que me deu essa oportunidade de fazer esse trabalho em médio e longo prazo no América. Era um dos nossos objetivos aqui, tanto meu como do salum e do clube. fico feliz, agradeço a todos os torcedores do América a é uma honra ser técnico desse time, uma satisfação enorme estar aqui", destacou o comandante, depois da vitória sobre o Coimbra, no Independência, pelo Campeonato Mineiro.



Com a saída de Renato Gaúcho do Grêmio, Lisca passou a ser o técnico mais longevo no comando dos times que disputarão a Série A deste ano. Ele chegou ao América em 30 de janeiro de 2020 e, com trabalho bem-sucedido, passou a ser cogitado para assumir o comando de outras equipes. Para o treinador, é uma situação ligada ao sucesso em qualquer profissão.  

"Ser cogitado por outros clubes é normal em nosso mercado, ainda mais com um bom trabalho dando resultado e com sucesso da equipe. Então a gente fica feliz por ser lembrado por grandes clubes. Mas acho que foi só lembrança", reiterou o comandante americano, que não crê em uma saída até o fim do contrato. A não ser, conforme ressalvou, que surja uma proposta financeira considerada irrecusável.  

"Estou bem aqui no América, feliz, planejando o trabalho para o ano todo. Eu me sinto muito feliz no clube, respeitado e valorizado. Para eu sair do América tem que ser uma proposta irrecusável. A minha ideia é permanecer e desenvolver esse trabalho de dois anos. Depois, em dezembro, a gente senta e conversa. O América caminha para crescimento estrutural e institucional e estou feliz em participar desse processo", enfatizou. 


Tags: técnico américa mercado coelho proposta interiormg lisca