Bauermann aponta erro do América no primeiro jogo contra o Atlético

Defensor destacou lição tirada pelo grupo alviverde para as finais

13/05/2021 16:50 / atualizado em 14/05/2021 16:04
compartilhe
América foi derrotado por 3 a 1 pelo Atlético na primeira fase do Campeonato Mineiro; na foto, Eduardo Bauermann e Nacho Fernández
foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press

América foi derrotado por 3 a 1 pelo Atlético na primeira fase do Campeonato Mineiro; na foto, Eduardo Bauermann e Nacho Fernández

 
O zagueiro Eduardo Bauermann, do América, apontou, nesta quinta-feira (13), o principal erro cometido pela equipe no primeiro jogo contra o Atlético na temporada. Na ocasião, em partida válida pela primeira fase do Campeonato Mineiro, o Coelho foi superado por 3 a 1.

Na avaliação de Bauermann, o América não se preparou bem no aspecto mental. A falta de concentração, na visão do defensor, foi um fator que influenciou no resultado final.

“Aquele jogo que passou, acho que nós não nos preparamos bem mentalmente. Nós sabíamos da importância do jogo e da dificuldade que seria, mas, naquele momento, acho que não estávamos no nosso 100% mentalmente. Por isso que eu friso a capacidade de crescimento que o nosso grupo teve e afirmo que estamos preparados para essa final”, enfatizou.

O jogador destacou a preparação do Coelho para os novos confrontos contra o Atlético na final do Campeonato Mineiro. Ele valorizou o trabalho do técnico Lisca e mencionou conselhos dados pelo gaúcho aos defensores.

“A gente sempre procura continuar evoluindo. Nessa semana, o Lisca foi muito feliz nos conselhos que nos deu - principalmente para defesa. Onde nós devemos explorar. Então, sei que estamos sendo bem treinados e preparados para esse jogo, independente se o ataque deles vem num bom momento ou não”, disse.
 

De olho na Libertadores 


Por fim, Bauermann revelou que os jogadores do América assistirão ao confronto entre Atlético e América de Cali-COL, nesta quinta-feira (13), válido pela Copa Libertadores. O zagueiro acredita que essa será uma boa oportunidade para ‘mapear’ o rival.

“A gente sabe que cada jogo é um jogo. Nós somos a prova viva disso, porque tem jogos que jogamos num esquema, depois mudamos. Varia de acordo com o adversário. Mas é um bom parâmetro para nós podermos mapear bem o time do Atlético e, assim, ir aprimorando mais a nossa preparação para esse jogo”, completou.

América e Atlético se enfrentarão nos dois próximos fins de semana, em partidas válidas pela final do Campeonato Mineiro. No domingo (16), às 16h, as equipes realizarão o primeiro jogo da decisão no Independência, em Belo Horizonte.

Por ter tido a melhor campanha da primeira fase, o Galo jogará por dois empates, ou uma derrota e uma vitória pela mesma diferença de gols para se sagrar campeão. O Coelho, por sua vez, busca quebrar um tabu de cinco anos sem vencer o rival alvinegro para conquistar a taça pela 17ª vez.
 

Ranking dos clubes brasileiros que mais investiram em jogadores

 

Compartilhe