América leva gol no fim e perde para o Athletico na estreia pelo Brasileiro

Coelho fez jogo equilibrado, mas acabou superado pelo Furacão

30/05/2021 20:13 / atualizado em 30/05/2021 20:32
compartilhe
América, de Zé Ricardo, encarou o Athletico com personalidade e foi castigado com gol no fim
foto: Estevão Germano/América

América, de Zé Ricardo, encarou o Athletico com personalidade e foi castigado com gol no fim


O América começou a trajetoria na Série A do Brasileiro com uma derrota difícil de ser digerida. O Coelho encarou o Athletico na Arena da Baixada, na noite deste domingo, e fez um jogo equlibrado, com chances para os dois lados. Entretanto, aos 41min da etapa final, em vacilo de marcação, Carlos Eduardo marcou para o Furacão e decretou o revés dos mineiros por 1 a 0. 



O América já estava até satisfeito com o que seria um ponto somado como visitante. Mas o Coelho pagou caro por erro de marcação do sistema defensivo, que não esteve em noite segura na Arena da Baixada. O Furacão, por sua vez, conseguiu marcar no fim, em um gol até meio inusitado, e cumpriu a missão como mandante.

O América volta a campo na Série A no domingo, dia 6, quando receberá o Corinthians, às 16h, no Independência. O Athletico jogará na mesma data, fora de casa, diante do Juventude, às 18h15, no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul. 

Antes, os dois times terão compromissos pelas oitavas de final da Copa do Brasil. O América abrirá o confronto com o Criciuma, quarta-feira que vem, às 21h30, no Independência. O Furacão sairá para enfrentar o Avaí, quinta-feira (3), às 19h, na Ressacada. As partidas de volta serão na semana seguinte.

O JOGO


Mesmo fora de casa, o América não facilitou para o Furacão no primeiro tempo. O time rubro-negro tomou a iniciativa e mostrou ímpeto, avançando a marcação para encurralar o Coelho. Mas as chances de gols foram escassas, pois faltou efetividade ofensiva dos dois lados. Christian soltou uma bomba que assustou Matheus Cavichioli. A bola explodiu na trave. 

O Athletico quase aproveitou vacilo de Anderson, que falhou e deixou a bola com Renato Kayser, que concluiu para defesa de Cavichioli. O Furacão teve mais posse de bola, mas, a partir dos 30 min, o Coelho se posicionou melhor e até se arriscou mais. Rodolfo obrigou Santos a trabalhar, enquanto Felipe Azevedo teve a melhor chance dos mineiros, só que também parou no goleiro.
 
O segundo tempo começou com os times mais ligados, tanto que os goleiros trabalharam logo de cara. O Furacão chegou com Khellven, que cruzou e Renato Kayzer cabeceou em cima de Cavichioli. Pelo Coelho, a resposta veio com Felipe Azevedo, que completou cruzamento de Juninho, mas a bola foi nas mãos de Santos. 

Fotos de Athletico x América pelo Brasileiro



Castigo no fim


Os treinadores promoveram mudanças, mas os times eram prejudicados pelos erros em demasia nos passes. Lisca trocou Bruno Nazário e Felipe Azevedo por Geovane e Ramon, respectivamente. O Coelho chegou a ter o volante Zé Ricardo expulso após falta dura, mas o cartão foi retirado na checagem do VAR, com o árbitro optando pelo amarelo. Nikão arriscou e Cavichioli, destaque mineiro, se virou para evitar o gol. 

Depois dos 30min, Lisca colocou Ademir, na esperança de definir alguma jogada na velocidade. Rodolfo foi sacado, com cãibras. Em seguida, Alan Ruschel estreou na vaga de Marlon. Mas em um lance inusitado, o Coelho foi castigado. Aos 41min, o Athletico marcou com Carlos Alberto. Ele cruzou para Matheus Babi e a bola entrou direto nas redes de Matheus Cavichioli: 1 a 0. Castigo para o Coelho no retorno à elite.

ATHLETICO 1 x 0 AMÉRICA


ATHLETICO
Santos; Khellven (Marcinho), Pedro Henrique, Thiago Heleno e Abner; Richard, Christian (Leo Cittadini) e Jadson (Carlos Eduardo); Vitinho (Terans), Nikão e Renato Kayzer (Matheus Babi)
Técnico: António Oliveira

AMÉRICA
Matheus Cavichioli, Diego Ferreira, Anderson Jesus, Eduardo Bauermann e Marlon (Alan Ruschel); Zé Ricardo, Juninho e Alê; Bruno Nazário (Geovane), Felipe Azevedo (Ramon) e Rodolfo (Ademir)
Técnico: Lisca

Motivo: 1ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: domingo, 30 de maio de 2021
Árbitro: Jefferson Ferreira de Moraes (GO)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (Fifa/GO) e Cristhian Passos Sorence (GO)
VAR: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
GOL: Carlos Eduardo, aos 41min do 2ºT
Cartões amarelos: Nikão (Athletico); Anderson, Zé Ricardo (América)

Compartilhe