América se reapresenta de olho em duelo com o Atlético-GO pelo Brasileirão

Equipe americana está há quatro jogos sem vencer sob o comando do técnico Vagner Mancini

27/07/2021 14:22 / atualizado em 31/07/2021 20:14
compartilhe
América enfrenta o Atlético-GO neste domingo (1º), às 16h, no estádio Antônio Accioly
foto: Marina Almeida/ América

América enfrenta o Atlético-GO neste domingo (1º), às 16h, no estádio Antônio Accioly


O América se reapresentou nesta terça-feira no CT Lanna Drumond, após o empate por 1 a 1 com o Grêmio, na Arena, em Porto Alegre-RS, e deu início à preparação visando o confronto contra o Atlético-GO, pela 14ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. As equipes se enfrentarão no estádio Antônio Accioly, em Goiânia, no domingo (1º), às 20h30.
Contra o time goiano, o Coelho tentará por fim em uma série de quatro jogos sem vitórias sob o comando de Vagner Mancini. Apesar da sequência negativa, o treinador teve um bom início de campanha no clube, com dois empates e dois triunfos nos primeiros quatro jogos. Mas, desde então, acumula três derrotas e um empate.

Todos os jogadores que participaram do empate contra o Grêmio foram a campo no treino desta terça-feira. Mancini dividiu o elenco em três grupos e deu uma atividade focada na agilidade da troca de passes e domínio de bola. 
 

Treino do América no CT Lanna Drumond (27/07)

 

Além disso, o treinador também fez ajustes no novo esquema tático (3-5-2) e priorizou o trabalho de construção ofensiva. Nas últimas quatro partidas o ataque americano marcou apenas um gol. 

No departamento médico do clube, seis jogadores não participaram da atividade. São eles: o lateral-direito Eduardo (dores na tíbia esquerda); o volante Sabino (lesão na coxa direita); o meia Yan Sasse (lesão na coxa direita); e os atacantes Ribamar (estiramento na coxa direita) e Rodolfo (lesão na coxa direita).

Na 18ª colocação da Série A, o Coelho soma dez pontos e está a um do Sport, primeiro time fora da zona de rebaixamento. Já o Atlético-GO ocupa o oitavo lugar, com 18 pontos, e briga para se aproximar dos times do G4. 


Compartilhe