UAI


Ex-América, meia-atacante Matheusinho revela depressão em Israel

Jogador fez postagem nos 'stories' do Instagram e apagou todas as publicações

18/10/2021 15:15 / atualizado em 18/10/2021 16:14
compartilhe
Matheusinho foi uma das boas notícias das categorias de base do América nos últimos anos
foto: Divulgação/América

Matheusinho foi uma das boas notícias das categorias de base do América nos últimos anos


O meia-atacante Matheusinho, ex-América, enfrenta a dura realidade de uma depressão em Israel. Nesta segunda-feira (18), o jogador de 23 anos fez uma postagem no Instagram - na qual revelou passar por um momento desafiador.
 
 

Nas palavras do próprio atleta, uma 'tristeza enorme invadiu seu coração'. Matheusinho, no entanto, demonstrou otimismo para superar a fase conturbada: 'De mãos dadas com quem sabe dessa dor, será mais fácil reencontrar da vida a beleza e o sabor', escreveu o jovem.

O meia apagou todas as suas publicações da rede social. Recentemente, Matheusinho mudou de clube no futebol israelense. Ele deixou o Beitar Jerusalém para defender o Ashdod por empréstimo. No novo time, o atleta já disputou cinco partidas e marcou um gol.
 
Desabafo de Matheusinho no Instagram
foto: Reprodução/Instagram/Matheusinho

Desabafo de Matheusinho no Instagram

 

Em setembro de 2020, o América concretizou a venda de Matheusinho para o futebol israelense. Na ocasião, o clube mineiro cedeu 70% dos direitos econômicos do jogador ao Beitar e manteve os outros 30%.

Estreante como profissional no ano de 2016, Matheusinho deixou o Coelho após 133 jogos - com 15 gols marcados e um título no currículo. Ele fez parte do elenco campeão da Série B em 2017.
 
Em contato com o Superesportes , o empresário do atleta revelou um 'drama familiar' vivido por Matheusinho em Israel. O staff do jogador tem tentado, insistentemente, a liberação para que parentes do jovem possam viajar ao país do Oriente Médio, mas, desde sua negociação, isso não ocorreu.
 
Diante deste cenário, o staff de Matheusinho também estuda possibilidades para um retorno ao Brasil ainda no fim de 2021. 

Compartilhe