UAI

2

América perde para o Uberlândia e está eliminado no Campeonato Mineiro

Coelho é batido por 2 a 1, completa terceiro jogo sem vitória e está fora da briga pelo título estadual

12/03/2022 20:59 / atualizado em 12/03/2022 21:16
compartilhe
Com time misto, sem os principais jogadores, América foi batido no Parque do Sabiá e acabou eliminado
foto: Estevão Germano/América

Com time misto, sem os principais jogadores, América foi batido no Parque do Sabiá e acabou eliminado


Sem os principais jogadores, o América se enfraqueceu muito e ficou fora da briga pelo título do Campeonato Mineiro. O Coelho foi batido pelo Uberlândia, por 2 a 1, na noite deste sábado, no Parque do Sabiá, e não tem mais chances de avançar para as semifinais. Lucas Coelho e Kellyton marcaram para o Verdão do Triângulo, enquanto Índio Ramírez descontou. 

O América estacionou nos 14 pontos e não poderá alcançar Caldense, que soma 18, Cruzeiro ou Athletic, que têm 19 e jogarão neste domingo, no encerramento da 10ª rodada. O Coelho precisava do triunfo no Triângulo e ainda torcer por tropeço, principalmente da Veterana, que recebe a equipe de São João del-Rei, em Poços de Caldas. O Uberlândia foi a nove pontos, deixou a lanterna e ganhou sobrevida na luta contra a degola. 

O América terá que se contentar com a disputa do Torneio Inconfidência, que reunirá os times que terminarem a fase de classificação do Mineiro do quinto ao oitavo lugar. Assim, o Coelho se despedirá do Estadual de forma melancólica, no próximo sábado (19), quando receberá o Tombense, no Independência. O Uberlândia vai encarar duelo direto para escapar da queda, contra o Pouso Alegre, no mesmo dia, no Sul de Minas. Todas as partidas começarão às 16h30.

O técnico Marquinhos Santos preservou os principais jogadores para o comopromisso mais importante do América neste primeiro semestre. O Coelho enfrentará o Barcelona, na próxima terça-feira, às 21h30, em Guayaquil, no jogo da volta pela Libertadores. Como empatou (0 a 0) em casa, o time mineiro terá que vencer no tempo normal ou nos pênalitis - em caso de nova igualdade no placar - para avançar à fase de grupos pela primeira vez na história. Do contrário, disputará a Copa Sul-Americana. 

Fotos do jogo entre Uberlândia e América



O JOGO 


O América, mais uma vez, sentiu muito a ausência de seus principais jogadores. Mesmo com uma formação mista, o que já indicava falta de entrosamento, o Coelho deixou a desejar no Parque do Sabiá. O time do técnico Marquinhos Santos pouco ameaçou o Uberlândia e ainda passou por sustos graças aos vacilos defensivos. 

O primeiro tempo teve o América sem inspiração no ataque e confuso na defesa. Aos 18min, Airton embolou com João Paulo, a bola sobrou para Kellyton, que chutou forte e o goleiro espalmou. Foi o primeiro alerta sobre os problemas na retaguarda. Em seguida, veio o gol do Uberlândia. Aos 24, a zaga do Coelho vacilou em bola alçada na área. Lucas Coelho dominou, tirou da marcação e acertou o canto direito: 1 a 0

Com Felipe Azevedo pela esquerda, Henrique Almeida isolado e Matheusinho pouco participativo, o América pecou na construção de lances ofensivos. O lateral-esquerdo João Paulo arriscou de fora da área, uma de suas virtudes, mas errou o alvo. Já no fim, o zagueiro Germán Conti tentou resolver em cabeçada que não levou perigo. 

CHUVA E GOLS


O América voltou a campo com três mudanças. Marquinhos Santos trocou Zé Ricardo, Matheusinho e Henrique Almeida por Kawê, Gustavo e Rodolfo, respectivamente. Para aumentar o grau de dificuldade, a chuva caiu forte no começo da segunda etapa. Em cruzamento de João Paulo, Gustavinho cabeceou para baixo, a bola subiu e passou por sobre o travessão. 

Em seguida, Juninho Valoura cobrou falta e assustou. O jogo ganhou emoção a partir do segundo gol do Uberlândia, em lance infeliz de Airton. Aos 14, Kellyton cobrou falta com violência, o goleiro tentou encaixar, mas a bola bateu no seu peito e foi para as redes: 2 a 0. No minuto seguinte, Índio Ramírez arriscou de fora da área e descontou: 2 a 1

O América não teve forças para buscar a virada, que o deixaria vivo para a rodada final do Mineiro. E o Uberlândia ainda desperdiçou boas oportunidades de liquidar a fatura, em contragolpes. Mas Airton, dessa vez, esteve atento e mostrou firmeza. Enquanto o Coelho pecou pela ineficiência no ataque e fragilidade defensiva, o Uberlândia foi recompensado pela determinação em casa. 

UBERLÂNDIA 2 x 1 AMÉRICA


UBERLÂNDIA
Roballo; Mineiro, Bruno Maia e Thurran; Kellyton, Luanderson, João Paulo e Maicon Souza; Elivelton (Reinaldo), Pará (Márcio Júnior depois Mateus Mendes) e Lucas Coelho (Paulo Renê)
Técnico: Paulo Foiani

AMÉRICA
Airton; Raúl Cáceres, Germán Conti, Gustavo Marques (Arthur) e João Paulo; Zé Ricardo (Kawê), Juninho Valoura, Índio Ramírez (Zé Vitor) e Matheusinho (Gustavinho); Henrique Almeida (Rodolfo) e Felipe Azevedo
Técnico: Marquinhos Santos

Motivo: 10ª rodada do Campeonato Mineiro
Local: Estádio Parque do Sabiá, Uberlândia
Data: sábado, 12 de março
Árbitro: Felipe Fernandes de Lima
Auxiliares: Pablo Almeida da Costa e Augusto Magno de Ramos
Cartões amarelos: Pará, Luanderson (UBE); Arthur (AME)
GOLS: Lucas Coelho, 24min do 1ºT; Kellyton, aos 14, Índio Ramírez, 15min do 2ºT

Compartilhe