UAI

2

América é derrotado pelo Ceará e perde chance de entrar no G4 do Brasileiro

Coelho sofreu com os contra-ataques do Vozão, que contou com noite inspirada de Mendoza para quebrar sequência invicta do time mineiro em casa na Série A

08/06/2022 20:57 / atualizado em 08/06/2022 21:25
compartilhe
Mendoza marcou os dois gols da vitória do Ceará sobre o América
foto: Alexandre Guzanshe/EM/DA.Press

Mendoza marcou os dois gols da vitória do Ceará sobre o América


O América foi derrotado por 2 a 0 pelo Ceará nesta quarta-feira (8) e perdeu a chance de entrar no G4 do Campeonato Brasileiro. Os contra-ataques foram decisivos para o resultado final no Independência, em Belo Horizonte.



Os gols da partida válida pela 10ª rodada da competição foram marcados por Mendoza, aos 21' do primeiro tempo, e aos 9' do segundo tempo. Em ambos os lances, o atacante colombiano aproveitou o espaço nas costas da defesa americana para dar a vitória ao Vozão.

Com o resultado, o Coelho caiu, momentaneamente, para o sexto lugar, com 14 pontos, mas ainda pode perder posições na tabela. Já os visitantes deixaram a 16º colocação para assumirem a 10ª, com 13 pontos.

O time americano ainda lamentou a quebra de uma sequência invicta no Brasileiro jogando em casa. A última derrota havia sido na 17ª rodada da Série A de 2021, quando foi superado por 2 a 0 pelo RB Bragantino. Desde então, foram 14 jogos sem perder no Independência como mandante. 

O próximo compromisso do América será contra o São Paulo, no domingo (12), às 16h. A partida, válida pela 11ª rodada do Brasileiro, será disputada no Morumbi, em São Paulo. Já o Ceará voltará a campo no mesmo dia e horário para enfrentar o Goiás, no Serrinha, em Goiânia.

América 0 x 2 Ceará: fotos do jogo no Independência pela Série A


Início dos visitantes


O Ceará foi dominante nos primeiros 15 minutos, mantendo mais a posse de bola. A primeira chance dos visitantes foi logo aos 2', quando Mendoza finalizou na rede, mas pelo lado de fora. 

O América, por sua vez, utilizou muito o lado esquerdo do ataque, de forma vertical, como de costume, mas não conseguiu oferecer perigo ao adversário. 

Aos 21', Marlon perdeu a bola na ponta esquerda, Lindoso lançou para Mendoza, que ganhou a disputa de corpo com Patric. Livre, o atacante finalizou rasteiro e balançou a rede do Independência.

O árbitro Douglas Marques das Flores foi chamado pelo VAR para analisar uma possível cotovelada do jogador cearense, mas confirmou o gol para os visitantes: 1 a 0.

Aos 30', Vagner Mancini inverteu o posicionamento dos pontas, passando Felipe Azevedo para a direita e Everaldo para a esquerda, mas a mudança não surtiu efeito.

O Coelho quase marcou logo em seguida, mas em uma triangulação entre Alê, Juninho e Patric, que recebeu na ponta direita da área, cortou para a esquerda e finalizou para fora.

A equipe mineira melhorou o desempenho nos minutos finais do primeiro tempo, mas enfrentou dificuldades para penetrar na defesa do Vozão. As melhores oportunidades surgiram em chutes fora da área. 

Contra-ataque 'mortal'


O América voltou para a segunda etapa tentando exercer uma pressão, mas sofreu novamente um gol de contra-ataque. Aos 9', mais uma vez Mendonza recebeu lançamento nas costas de Patric, infiltrou pelo lado esquerdo e finalizou cruzado, de esquerda, para ampliar o marcador: 2 a 0

Mendoza seguiu incomodando a defesa do Coelho. Mesmo após a saída de Patric para a entrada de Cáceres, o atacante do Vozão criou mais portunidades pelo lado esquerdo do ataque. 
 
Após sofrer o segundo gol, Mancini também promoveu a entrada de Gustavinho e Rodriguinho nos lugares de Felipe Azevedo e Lucas Kal. O time, no entanto, continuou com dificuldade para criar jogadas. 
 
Já com o resultado definido, as equipes fizeram uma partida 'morna' nos minutos finais, apenas com troca de passes e sem grandes chances. 

AMÉRICA 0 X 2 CEARÁ


América
Jailson; Patric (Raúl Cáceres, aos 15' do 2ºT), Éder, Conti e Marlon; Lucas Kal (Rodriguinho, aos 25' do 2ºT), Juninho e Alê (Henrique Almeida, aos 30' do 2ºT); Everaldo, Felipe Azevedo (Gustavinho, aos 15' do 2ºT) e Aloísio (Wellington Paulista, no intervalo)
Técnico: Vagner Mancini

Ceará
João Ricardo; Nino Paraíba (Iury Castilho, aos 42' do 2ºT), Messias, Gabriel Lacerda e Victor Luis; Richard Coelho (Geovane, aos 34' do 2ºT), Richardson e Rodrigo Lindoso (Fernando Sobral, aos 21' do 2º T); Vina (Michel Macedo, aos 34' do 2ºT), Mendoza, e Peixoto (Cléber, aos 21' do 2º T)
Técnico: Dorival Júnior

Gols: Mendoza, aos 21' do 1ºT, e aos 9' do 2ºT (Ceará)
Cartões amarelos: Felipe Azevedo, Juninho e Henrique Almeida (AME); Nino Paraíba, Richardson e Rodrigo Lindoso (CEA)
 
Motivo: 10ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro
Local: Independência, em Belo Horizonte
Data e horário: quarta-feira, 8 de junho de 2022, às 19h
 
Árbitro: Douglas Marques das Flores (SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Gasse (Fifa-SP) e Alex Ang Ribeiro (SP)
VAR: Rodrigo Guarizo do Amaral (Fifa-SP)

Público: 2.132
Renda: R$ 57.365,00

Compartilhe