UAI

2

América é goleado pelo Bragantino e fecha rodada no Z4 do Brasileirão

Coelho leva três gols logo no primeiro tempo, não consegue reagir em casa e sofre segunda derrota consecutiva no Campeonato Brasileiro

17/07/2022 20:56 / atualizado em 17/07/2022 22:03
compartilhe
América foi surpreendido pelo Bragantino com três gols no primeiro tempo
foto: Mourão Panda/América

América foi surpreendido pelo Bragantino com três gols no primeiro tempo


Depois da grande vitória sobre a Botafogo e a classificação para as quartas de final da Copa do Brasil, o América não manteve o embalo e voltou a frustrar a torcida no Campeonato Brasileiro. O Coelho levou três gols no primeiro tempo e foi batido por 3 a 0 pelo Red Bull Bragantino, na noite deste domingo, no Independência. Alerrandro (2) e Sorriso marcaram para o Massa Bruta. 



Com o resultado decepcionante em casa, o Coelho fechou a 17ª rodada na zona de rebaixamento, em 17º lugar, com 18 pontos. Foi a segunda derrota consecutiva do América no Brasileiro. O time alviverde vinha de revés para o Internacional, por 1 a 0, no Beira-Rio, com gol no último lance. 

O Red Bull Bragantino, que vinha de goleada por 4 a 0 aplicada no Avaí, subiu para o oitavo lugar, com 24 pontos. Com o placar elástico diante do América, o Massa Bruta passou a ter o melhor ataque do Brasileiro, com 27 gols, ao lado do Palmeiras, que joga nesta segunda-feira, contra o Cuiabá, em casa, e pode se isolar novamente como líder nesse quesito.

O América, novamente em sinal de alerta no Brasileiro, volta as atenções para o Palmeiras, adversário na próxima rodada do Brasileiro. O Coelho receberá o Verdão de São Paulo na quinta-feira, dia 21, às 20h, no Independência. Na véspera, quarta-feira, o Bragantino receberá o Fortaleza, às 20h, no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista. 

América 0 x 3 Red Bull Bragantino: fotos do jogo pelo Brasileiro



O JOGO


O América levou um golpe duro logo no começo. Aos 2min, Alerrando pegou rebote em chute dele mesmo, após defesa parcial de Matheus Cavichioli, e abriu o placar para os paulistas: 1 a 0. Seis minutos depois, o mesmo atacante voltou a balançar as redes, completando de cabeça cruzamento da esquerda de Luan Cândido: 2 a 0. 

O América foi a knockdown e conseguiu se reerguer aos poucos, até se reequilibrar em campo. Mas o setor ofensivo não estava muito inspirado. A situação se complicou com a perda de Felipe Azevedo, que deixou o jogo lesionado, logo aos 20min, e foi substituído por Índio Ramírez. 

O América até melhorou, mais na base da vontade e da volúpia de atacar. Entretanto, o goleiro Cleiton só fez uma defesa importante, em chute de Índio Ramírez. O Bragantino, à vontade, controlou bem a bola e aproveitou desatenção da zaga do Coelho na marcação para ampliar o placar. 

Aos 40min, em troca de passes e bate-rebate na área do América, Alerrandro descobriu Sorriso, livre de marcação, e o atacante apenas tocou para as redes de Cavichioli: 3 a 0. Uma goleada ainda no primeiro tempo, algo inesperado para os americanos que estavam no Independência. 

Na etapa final, o técnico Vagner Mancini trocou o volante Lucas Kal pelo zagueiro Germán Conti. Ao mesmo tempo, Everaldo entrou na vaga de Gustavinho. O objetivo era reforçar a defesa para soltar os laterais e ter mais jogadas pelas pontas. Mas o Bragantino era quem levava mais perigo. Alerrando perdeu a chance do quarto ao errar a conclusão. 

O América tinha mais finalizações, mas o Bragantino era muito mais perigoso. E quase marcou aos 16, com chute de Artur que Patric salvou em cima da linha, depois que a bola passou por Cavichioli e ia para as redes. Em seguida, o goleiro americano trabalhou mais duas vezes, em arremate de Luan Cândido e em  cobrança de escanteio. 

No fim, o América não conseguiu êxito na tentativa de partir para o abafa. O Bragantino manteve o controle e buscou os contragolpes, mas sem se expor. O Coelho ainda teve pênalti  sobre Juninho, que foi empurrado na área, mas o árbitro assinalou impedimento na origem da jogada, após confirmação do VAR.
 

AMÉRICA 0 X 3 RED BULL BRAGANTINO


AMÉRICA
Matheus Cavichioli; Patric, Eder, Luan Patrick (Flávio) e Danilo Avelar (Marlon); Lucas Kal (Germán Conti), Juninho e Felipe Azevedo; Matheusinho, Gustavinho (Everaldo); Felipe Azevedo (Índio Ramírez) e Henrique Almeida
Técnico: Vagner Mancini

RED BULL BRAGANTINO
Cleiton; Aderlan, Léo Ortiz, Natan, Luan Cândido; Raul (Praxedes), Lucas Evangelista (Jadsom Silva), Miguel (Eric Ramires); Artur, Sorriso (Carlos Eduardo) e Alerrandro (Helinho)
Técnico: Maurício Barbieri

Motivo: 17ª rodada do Campeonato Brasileiro
Estádio: Independência
Data: domingo, 17 de julho 

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhaes (FIFA/RJ)
Assistentes: Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ) e Luiz Claudio Regazone (RJ)
VAR: Pablo Ramon Goncalves Pinheiro (RN)
Público: 1920
Renda: R$ 34.686
Cartões amarelos: Éder, Luan Patrick (AME); Praxedes, Alerrandro (BRA)

GOLS: Alerrandro, aos 2 e aos 8, Sorriso, aos 40min do 1ºT 





Compartilhe