UAI

2

'América precisou se reequilibrar emocionalmente para virar', diz Mancini

Treinador do Coelho, Vagner Mancini ficou feliz com o desempenho da equipe na vitória de virada por 3 a 1 sobre o Avaí, pela 20ª rodada do Brasileirão

31/07/2022 21:30 / atualizado em 31/07/2022 21:37
compartilhe
Mancini destaca que o reequilíbrio emocional foi decisivo para que o América virasse sobre o Avaí
foto: Ramon Lisboa/EM/DA Press

Mancini destaca que o reequilíbrio emocional foi decisivo para que o América virasse sobre o Avaí


O América venceu o Avaí por 3 a 1 neste domingo (31), no Independência, pela 20ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Esta foi apenas a segunda virada do Coelho nesta temporada. 
 
 

Apesar do bom resultado, o time tomou gol logo aos três minutos da primeira etapa. Na visão do técnico Vagner Mancini, foi necessário que o América se reequilibrasse emocionalmente para virar o jogo. 

"É muito importante quando você tem uma reação dentro do jogo. O gol do Avaí saiu muito cedo e nos causou um dano emocional e tático. O atleta entra em campo cheio de energia, querendo sair na frente e mostrar para o torcedor que hoje vai ser o dia do América. De repente, ele toma um gol desses, que o atrapalha e faz com que tenha que se reequilibrar emocionalmente", disse Mancini.

"Virar partidas também nos mostra uma série de outras coisas. Além da reação, você teve uma equipe fisicamente mais inteira para suportar o segundo tempo e o momento de desequilíbrio emocional. Isso também te gasta energia, né. E o América passou no teste nesse sentido também", complementou o técnico, que afirmou que o diálogo no intervalo foi decisivo para a mudança no cenário do jogo. 

A primeira virada do América em 2022 ocorreu no duelo de volta da segunda fase da Copa Libertadores, contra o Guaraní do Paraguai, em março. Naquela partida, o time alviverde saiu perdendo por 2 a 0 e conseguiu reverter o placar na segunda etapa. Nos pênaltis, o Coelho, que ainda era treinado por Marquinhos Santos, conseguiu a classificação para a fase seguinte. 

"Óbvio que é pouco (apenas duas viradas), nós já estamos quase em agosto, mas daqui para frente, quando sairmos atrás, que consigamos virar partidas assim", finalizou Vagner Mancini.
 

América x Avaí: fotos do jogo no Independência pelo Brasileiro

 

Características da vitória do América


Bissoli abriu o placar para o Avaí aos três minutos de jogo. Depois, o América marcou com Henrique Almeida aos 34' do primeiro tempo e Everaldo aos 24' e 44' do segundo. 

Para Vagner Mancini, o América foi merecedor dessa 'bela vitória'. O técnico destaca que ela foi importante não apenas para que o time voltasse a marcar gols, mas também pelo nível do futebol apresentado e a quantidade de finalizações.

"Tivemos dificuldades no início do jogo, quando tomamos o gol muito cedo. O gol acabou nos causando, de certa forma, um estrago tático. A nossa equipe quis empatar muito rapidamente e acabou dando várias oportunidades ao Avaí, que tem um bom time e é bem treinada", pontuou o treinador americano. 

"A equipe voltou melhor no segundo tempo. O segundo tempo foi muito bem jogado. A equipe foi, não só antes, mas depois das substituições também, dona do jogo. Empurrou o Avaí para trás, saía bem do lado direito, saía bem do lado esquerdo. Então houve variações (táticas) no aspecto ofensivo. Felizmente fizemos dois gols com Everaldo. Ainda sofremos um pouquinho no fim do jogo, é verdade, devido às características da equipe que tinhamos no momento, que não era muito de marcação", finalizou Mancini
 
 

Compartilhe