UAI

2

Athletico vira sobre Bahia e sai em vantagem nas oitavas da Copa do Brasil

Furacão sai atrás, mas busca virada na Arena Fonte Nova e fica perto da classificação para as quartas de final. Volta será em 12 de julho

22/06/2022 21:32
compartilhe
Christian iniciou a reação do Athletico diante do Bahia na Arena Fonte Nova
foto: José Tramontin/athletico.com.br

Christian iniciou a reação do Athletico diante do Bahia na Arena Fonte Nova


Na noite desta quarta-feira, Bahia e Athletico fizeram o primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Brasil, na Arena Fonte Nova, em Salvador (BA). A partida terminou com vitória dos paranaenses, por 2 a 1. Os gols foram marcados por Lucas Mugni, para a equipe baiana, enquanto Christian e Pedro Rocha fizeram para o time visitante.

Dessa forma, o Furacão abre vantagem para a partida da volta, marcada para o dia 12 de julho, terça-feira, na Arena da Baixada, e se classifica às quartas até com um empate. Em caso de derrota por um gol de diferença, a decisão irá para a disputa de pênaltis.

Dessa forma, o próximo compromisso do Bahia será pela Série B contra o Novorizontino fora de casa, no sábado, às 16 horas (de Brasília). Já o Athletico recebe o Bragantino pelo Brasileirão, também no sábado, a partir das 16h30.

O JOGO


Empurrado pela torcida, o Bahia começou a partida em cima e, logo aos quatro minutos de jogo, abriu o placar com belo gol de Lucas Mugni. O meia argentino cobrou falta, sofrida por Rodallega na entrada da área, no ângulo do goleiro Bento, que até tocou na bola, mas não conseguiu evitar o golaço.

A resposta do Athletico veio logo em seguida, aos nove minutos. Khellven recebeu na direita e cruzou na área, a bola passou por dois defensores até chegar em Christian, que dominou e já girou o corpo batendo para o gol, deixando tudo igual na Fonte Nova.

Aos 30, Pablo deu belo lançamento, ainda no campo defensivo, para Khellven. O lateral do Bahia, Luiz Henrique, escorregou ao tentar cortar e a bola ficou oferecida para o jogador atleticano, que invadiu a área e rolou para Pedro Rocha. O atacante apenas teve que empurrar para o fundo da rede e virar o jogo.

Na volta do intervalo, Hugo Rodallega teve grande chance logo aos três minutos da etapa complementar. Porém, Bento defendeu. O Athletico respondeu com Matheus Babi, que em sua primeira participação, bateu de dentro da área, mas foi travado pela zaga.

A partir daí, o jogo ficou mais parado. Os paranaenses se preocuparam em segurar o resultado e não deram espaço para o time baiano. Ainda aos 32 minutos, os visitantes tiveram chance de ampliar a vantagem com Pedrinho, que ficou cara a cara com Danilo Fernandes, bateu com a perna esquerda, mas o goleiro fez grande defesa.

Dessa forma, o marcador não foi alterado no segundo tempo e o Athletico levou a vantagem para o jogo da volta, na Arena da Baixada, no Paraná.

BAHIA 1 x 2 ATHLETICO


BAHIA
Danilo Fernandes; Douglas Borel (André), Ignácio, Luiz Otávio, Luiz Henrique (Djalma Silva); Patrick de Lucca (Raí Nascimento), Rezende, Lucas Mugni (Lucas Falcão), Danielzinho; Matheus Davó (Vitor Jacaré) e Hugo Rodallega
Técnico: Guto Ferreira

ATHLETICO
Bento; Khellven, Pedro Henrique (Matheus Felipe), Nicolás Hernández, Abner; Hugo Moura, Christian (Erick), David Terans (Léo Cittadini); Pedro Rocha (Pedrinho), Cuello e Pablo (Matheus Babi)
Técnico: Felipão 

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)

Data: 22 de junho de 2022, quarta-feira

Árbitro: Braulio da Silva Machado (FIFA-SC)

Auxiliares: Alex dos Santos (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)

VAR: Rodrigo Nunes de Sá (FIFA-RJ)

Cartões amarelos: Vitor Jacaré, Rezende, Danielzinho, Douglas Borel, Guto Ferreira e Hugo Rodallega (Bahia); Hugo Moura e Nicolás Hernández (Athletico-PR)

GOLS: Lucas Mugni, aos 4, Christian, aos 9, e Pedro Rocha, aos 30min do 1ºT

Compartilhe