UAI

2

Vitor Roque marca, Athletico vence Libertad e sai na frente na Libertadores

Jovem atacante abre o placar e ajuda o Furacão a ganhar o jogo de ida das oitavas de final. Partida da volta será na próxima semana

28/06/2022 23:45 / atualizado em 29/06/2022 00:00
compartilhe
Vtor Roque abriu o placar logo no começo, em jogada do uruguaio Terans
foto: Albari Rosa/AFP

Vtor Roque abriu o placar logo no começo, em jogada do uruguaio Terans

O Athletico saiu na frente pelas oitavas de final da Libertadores. Nesta terça-feira, o time fez valer o mando de campo e venceu o Libertad, do Paraguai, por 2 a 1. O Furacão saiu na frente com Vitor Roque, ex-Cruzeiro, levou o empate, mas buscou a vitória com gol de Nicolás Hernández. Foi o 12º jogo consecutivo do rubro-negro sem derrota sob o comando do técnico Felipão. 

Agora, os times voltam a se enfrentar na próxima terça-feira, às 21h30 (de Brasília), no Paraguai. Os brasileiros chegam em vantagem após a vitória na Arena da Baixada.

Antes disso, porém, o Athletico encara o Palmeiras fora de casa no sábado, às 21h30 (De Brasília), pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O JOGO


O primeiro tempo foi movimentado, com chances e gols para os dois lados. Logo aos cinco minutos de jogo, Terans encontrou Vitor Roque dentro da área e o jovem bateu para o fundo das redes. Na sequência, o Furacão quase ampliou com Pedrinho, mas Martín Silva fez boa defesa para evitar.

Com isso, o Libertad cresceu no jogo e começou a apertar. Assim, o time paraguaio conseguiu o empate aos 19 minutos, quando Villalba aproveitou cruzamento de Samudio e apareceu nas costas da defesa para chutar forte para as redes.

O Athletico-PR, no entanto, seguiu em busca da vitória e, aos 31 minutos, marcou seu segundo gol no jogo. Em cobrança de falta, Cuello cruzou no segundo pau e o zagueiro Nicolás Hernández empurrou para o gol. Assim, o primeiro tempo acabou com o Furacão na frente.

A segunda etapa seguiu em ritmo movimentado e o Athletico-PR teve, inclusive, boas chances para ampliar. A principal veio aos 23 minutos, quando Hugo Moura pegou a bola após saída errada do Libertad e passou para Terans. O uruguaio bateu para o gol, mas Martín Silva fez grande defesa.

No lance final do jogo, os paraguaios mandaram o goleiro para a área, mas o juiz encerrou a partida no contra-ataque, para a revolta dos atletas do Athletico-PR.

ATHLETICO 2 x 1 LIBERTAD


ATHLETICO
Bento; Khellven, Pedro Henrique, Nicolás Hernández, Pedrinho; Hugo Moura, Christian (Erick), Terans (Vitor Bueno); Pedro Rocha (Canobbio), Cuello (Matheus Babi) e Vitor Roque (Rômulo) 
Técnico: Felipão

LIBERTAD
Martín Silva; Mayada (Piris), Viera, Barboza e Samudio; Martínez (Mendieta), Campuzano, Diego Gomes (Merlini), Melgarejo e Villalba (Franco); Santa Cruz (Cardozo) 
Técnico: Andrés San Martín

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)

Data: 28 de junho de 2022, terça-feira

Árbitro: Alexis Herrera (VEN)

Assistentes: Carlos Lopez (VEN) e Lubin Torrealba (VEN)

Cartões amarelos: Christian (CAP) Barboza (LIB)

GOLS: Vitor Roque, aos 5, Villalba, aos 19, e Nicolás Hernández, 31min do 1ºT

Compartilhe