Cruzeiro

CRUZEIRO

Barcos comemora vitória em estreia pelo Cruzeiro e pede tempo para ganhar ritmo; veja números e mapa de calor

Argentino foi combativo, tentou tabelar, mas saiu de campo sem finalizar

postado em 19/07/2018 22:23 / atualizado em 19/07/2018 22:35

Alexandre Guzanshe/EM/D. A Press
O atacante argentino Hernán Barcos não marcou em sua estreia pelo Cruzeiro, nesta quinta-feira, na vitória por 3 a 1 sobre o América, pelo Campeonato Brasileiro, mas minimizou o desempenho individual e comemorou o resultado. O triunfo quebrou uma sequência do time na competição de três jogos sem vencer (2 empates e uma derrota) e o levou à sexta posição, com 21 pontos. 
 
”Gostei do jogo, o grupo foi muito bem, se comportou bem dentro de campo. É sempre importante ganhar. No meu caso, tem que ir trabalhando, melhorar para entrar no ritmo do grupo. Estou muito feliz pela vitória, isso é o que importa”, declarou Barcos. 

Barcos foi escalado como titular por Mano Menezes e saiu de campo aos 15 do segundo tempo, quando foi substituído por Raniel. O atacante foi bastante combativo, tentou participar de algumas tabelas, mas não conseguiu finalizar neste primeiro jogo.

Alexandre Guzanshe/EM/D. A Press

Segundo números da plataforma Footstats, o reforço cruzeirense deu 14 passes (12 certos e 2 errados), fez dois lançamentos (1 certo e 1 errado) e conseguiu um desarme e um drible. Ele ainda errou um cruzamento e perdeu a posse de bola em cinco ocasiões. Não houve finalizações.

O argentino elogiou a qualidade dos seus companheiros e prometeu se empenhar ao máximo para corresponder às expectativas dos cruzeirenses. “O Cruzeiro tem um time muito bom, preciso pegar ritmo de jogo para me adaptar ao grupo, mas estou bem, estou feliz de estar aqui no Cruzeiro e vou continuar trabalhando muito para dar alegria a essa torcida”.

O técnico Mano Menezes aprovou os primeiros minutos de Barcos com a camisa do Cruzeiro, principalmente sua participação dentro da área. “Quando a condição legal veio, e com aquilo que havíamos conversado sobre condição do atleta, traçamos os planos. Era melhor ele estrear hoje. Ele ainda está com menos carga de trabalho em relação à nossa realidade. Quando ele começar a trabalhar um pouco, é bem provável que a perna vai pesar um pouco mais. Hoje estava leve, jogou bem, fez a função bem. É um jogador experiente, quando a bola passa por ele dentro da área é muito familiar, parece que ele transmite que sabe o que fazer com ela. Isso passa para os outros jogadores como referência. Foi isso que quis fazer. Vamos precisar dele aí para frente em jogos decisivos de Copa do Brasil, de Libertadores”.

Reprodução/Footstats


OS NÚMEROS DE BARCOS

2 lançamentos (1 certo, 1 errado) 
14 passes (12 certos, 2 errados)
1 drible
1 desarme 
5 perdas de posse de bola  
1 cruzamento errado
0 finalização 

Tags: cruzeiro barcos seriea américa estreia mercadobola