Cruzeiro

CRUZEIRO

Ex-lateral Gilberto aponta 'omissão' de líderes no rebaixamento do Cruzeiro

Ex-jogador diz que Fábio, Leo e Henrique, referências, cobraram pouco do grupo

postado em 08/07/2020 08:01 / atualizado em 08/07/2020 01:04

(Foto: Reprodução)
Ex-lateral-esquerdo com duas passagens pelo Cruzeiro, entre os anos 90 e 2000, Gilberto comentou sobre a campanha que resultou no inédito rebaixamento do clube celeste no Campeonato Brasileiro de 2019. Em participação na Live da Quarentena, promovido pelo Deus me Dibre no YouTube, o ex-jogador considera que faltou mais presença de referências da equipe como o goleiro Fábio, o zagueiro Leo e o volante Henrique, até mesmo na hora de cobrar dos companheiros. 

No bate-papo, Gilberto indicou que as principais lideranças da equipe poderiam ter sido mais ativas no momento de cobrar do grupo melhores resultados. Ele citou, em especial, jogadores mais antigos e que têm mais moral com diretoria e torcida, como nos casos de Fábio, Leo e Henrique – o volante foi emprestado ao Fluminense, no início de 2020, mas retornou ao Cruzeiro. 

"Faltou isso ao Cruzeiro em 2019. O Cruzeiro tem, tinha na verdade e vai voltar a ter, três caras: Fábio, Leo e Henrique. Três pessoas espetaculares. Mas os caras têm boca e não falam. Eles têm a moral que têm e não falam”, declarou o ex-lateral, que vestiu a camisa estrelada entre 1998 e 1999 e de 2009 a 2011. Ele foi campeão mineiro em 1998 e 2011.

(Foto: Divulgação/Cruzeiro)


“Para você manter um time que o cara chega em um time igual ao Cruzeiro, Toca I, Toca II, Toca II, ele se perde. Se você não tiver um cara que dita como as coisas acontecem, que manda os caras correrem, que avisa que o torcedor não quer ver (jogador) come e dorme... Faltou isso para o Cruzeiro manter a produção. Aí virou bagunça. Você vê pelas histórias, com o Rogério, o próprio Adilson (...) Se tivessem esses três jogadores, com essa moral que têm, eu tenho certeza que isso não teriam acontecido.", acrescentou o ex-jogador, que disputou 155 partidas pela Raposa e marcou 26 gols. Além de lateral-esquerdo, ele também foi utilizado no meio-campo.

Tags: cruzeiro gilberto rebaixamento lateral-esquerdo Henrique interiormg Fábio Leo Raposa