Cruzeiro

CRUZEIRO

Cruzeiro informa pagamentos de três dívidas cobradas na Fifa; valor ultrapassa R$ 10 milhões

Clube espera ficar livre de punição sobre registro de atletas já na próxima semana

postado em 16/10/2020 19:24 / atualizado em 16/10/2020 19:51

(Foto: Washington Alves/Lighpress/Cruzeiro)
O Cruzeiro informou, por meio de nota, o pagamento de três dívidas cobradas na Fifa no valor total de R$ 10.815.752,60. Com ajuda de um patrocinador, o clube quitou débitos com o FC Zorya, da Ucrânia; com o atacante Ramon Ábila, hoje no Boca Juniors-ARG, e com a comissão técnica do português Paulo Bento, que comandou a Raposa em 2016.

Zorya


A dívida com o Zorya era pela contratação do atacante Willian, realizada em 2013. De acordo com o Cruzeiro, foram pagos R$ 9.229.057,22, já com acréscimo de impostos, além de multa e custos da FIFA, no montante de R$ 328.107,03.

Essa era a dívida que impedia o Cruzeiro de registrar contratações na Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Na nota em que informou o pagamento, o clube diz que aguarda, para a próxima semana, a anulação do transfer ban (impossibilidade de registro de novos jogadores).

Ramon Ábila


Já no caso do atacante argentino, o Cruzeiro precisou desembolsar R$ 716.729,09, além de R$ 29,166,85 de multa na FIFA. Essa é mais uma dívida envolvendo Ramón Ábila. Antes dela, o clube já havia quitado valores do mecanismo de solidariedade do Unión Florida, da Argentina, que participou da formação do jogador.

Paulo Bento e comissão


Por último, foram realizados pagamentos ao português Paulo Bento e sua comissão técnica. De acordo com o Cruzeiro, o valor depositado para quitação desta dívida foi R$ 454.358,75, somado a R$ 58.333,69 de multa e custas do processo para a FIFA.

Tags: Cruzeiro serieb interiormg futnacional mercadobola