Cruzeiro

CRUZEIRO

Cruzeiro: comentarista de arbitragem analisa lances polêmicos da derrota

Raposa foi batida pelo Confiança por 3 a 1

postado em 30/05/2021 06:00 / atualizado em 29/05/2021 21:48

(Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro)


Na derrota do Cruzeiro para o Confiança, por 3 a 1, nesse sábado, no estádio Batistão, em Aracaju-SE, na estreia da Série B do Campeonato Brasileiro, vários lances polêmicos definiram o rumo da partida.

O árbitro André Rodrigo Rocha (CBF-TO) expulsou dois atletas do Cruzeiro: o volante Adriano e o goleiro Fábio foram retirados de campo em um espaço de dois minutos - ambos receberam dois amarelos e depois o vermelho.

Fábio foi advertido quando cometeu o pênalti em Neto Berola e depois quando segurou uma bola fora da área. Já Adriano recebeu os amarelos em faltas que poderiam ter sido evitadas, sendo a que originou o vermelho em um contra-ataque do Confiança.

Para a comentarista de arbitragem da Globo que trabalhou na transmissão do jogo, Janette Mara Arcanjo, as expulsões foram acertadas.

O Cruzeiro reclamou de um pênalti não assinalado quando o jogo ainda estava 0 a 0. Janette Mara Arcanjo disse que o árbitro errou. "Podemos  observar que o Bareiro vai nas costas do jogador Airton, do Cruzeiro. Foi falta. E falta dentro da área é pênalti". André Rodrigo Rocha (CBF-TO) não marcou.

Após o jogo, Felipe Conceição reclamou muito da arbitragem. "O início do jogo demonstrou que íamos controlar a partida, e controlamos. Com tranquilidade e equilíbrio, íamos ganhar a partida. O árbitro hoje não deixou que a gente fizesse isso, mas não tenho dúvida que o jogo estava nas nossas mãos e que a gente era superior ao adversário", destacou.

Tags: cruzeiro arbitragem confiança