Cruzeiro

SÉRIE B

Cruzeiro marca no fim, mas só empata com Goiás na estreia de Mozart

Time celeste somou primeiro ponto na Série B do Campeonato Brasileiro

postado em 12/06/2021 22:51 / atualizado em 12/06/2021 23:08

(Foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A. Press)
O Cruzeiro enfim saiu do zero na tabela de classificação da Série B. Na estreia de Mozart, o time celeste marcou aos 44’, com Marcinho, e empatou com o Goiás no Mineirão. O gol dos visitantes foi contra, logo no início da partida, após erro grosseiro do zagueiro Joseph.

Mesmo com o resultado, o Cruzeiro segue na lanterna da competição, mas agora com um ponto somado. CSA, Brasil de Pelotas e Avaí completam a zona de rebaixamento. O líder é o Náutico, que tem 9 pontos e 100% de aproveitamento. 

O próximo jogo do Cruzeiro será na quarta-feira, às 21h30, contra a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli. O elenco celeste realizará trabalho regenerativo neste domingo e terá outras duas sessões de treino na Toca da Raposa II antes da viagem para Campinas, marcada para a tarde de terça-feira. 


O jogo

Sob muita pressão e na estreia de Mozart, o Cruzeiro iniciou o jogo com organização tática muito parecida com aquela aplicada por Felipe Conceição. A principal diferença foi a linha de marcação mais recuada em relação aos últimos jogos. 

As características do time também foram preservadas, mas o novo treinador optou por dar mais experiência aos 11 iniciais, com a escalação de Eduardo Brock na defesa e de Rafael Sobis como principal homem de meio-campo.

Embora tenha criado ao menos duas chances claras de marcar, com Sobis, aos 6’, e com Flávio, aos 33’, foi o Goiás que abriu o placar do Mineirão. Aos 11’, Joseph cometeu erro grosseiro e marcou contra. O zagueiro, improvisado como lateral-direito, balançou a rede do Mineirão ao tentar recuar para Fábio uma bola de peito. 1 a 0.

Poucos minutos após a volta do intervalo, Mozart promoveu suas primeiras mudanças como comandante do Cruzeiro. O treinador tirou da equipe Joseph, Airton e Guilherme Bissoli para as entradas de Matheus Barbosa, Felipe Augusto e Marcinho. Rômulo assumiu a lateral direita e Rafael Sobis passou a ser a referência de ataque.

Aos 21’, Marcinho, que foi reintegrado ao elenco após ter sido afastado por Felipe Conceição, criou boa chance. O meia aproveitou sobra de escanteio na ponta direita e cruzou da linha de fundo para o meio da área. Eduardo Brock, sozinho, finalizou para importante defesa de Tadeu.

Participativo, Marcinho acabou premiado no fim da partida. Aos 44’, o meia recebeu de Bruno José e, livre dentro da área, acertou o canto direito de Tadeu. 1 a 1. O Cruzeiro ainda buscou o gol que lhe daria a vitória, mas, sem tempo, viu o árbitro encerrar a partida com o empate no placar. 


CRUZEIRO 1X1 GOIÁS

CRUZEIRO
Fábio; Joseph (Matheus Barbosa), Ramon, Eduardo Brock e Matheus Pereira (Stênio); Flávio (Adriano), Rômulo e Rafael Sobis; Bruno José, Airton (Felipe Augusto) e Guilherme Bissoli (Marcinho). Técnico: Mozart

GOIÁS
Tadeu; Apodi, David Duarte, Reynaldo e Hugo; Breno (Rezende), Diego (Vinicius) e Caio Vinícius; Elvis (Luan Dias), Alef Manga (Dadá Belmonte) e Bruno Mezenga (Lucas Black). Técnico: Pintado

Gols: Joseph (contra, aos 11’1ºT) e Marcinho (aos 44’2ºT)
Cartões amarelos: Airton (Cruzeiro); Apodi (Goiás)
Cartão vermelho: Jadson (Cruzeiro)

Motivo: 3ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data e horário: 12 de junho de 2021 (sábado), às 21h
Árbitro: Vinicius Furlan (SP)
Assistentes: Neuza Ines Back (FIFA/SP) e Luiz Alberto Andrini Nogueira (SP)

Tags: serieb interiormg futnacional goiasgo