Cruzeiro

SÉRIE B

Cruzeiro só empata com Vila e alcança oito jogos sem vitórias na Série B

Duelo confirma permanência da Raposa na zona de rebaixamento do torneio

postado em 24/07/2021 18:24 / atualizado em 24/07/2021 19:53

A rotina sem vitórias do Cruzeiro na Série B aumentou neste sábado. Em mais um jogo pobre, o time celeste não saiu do 0 a 0 com o Vila Nova no Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia-GO. Foi o oitavo compromisso consecutivo em que a Raposa não somou três pontos - são três derrotas e cinco empates na sequência negativa. 

Com o resultado, o Cruzeiro estaciona na zona de rebaixamento da competição nacional. Os mineiros agora ocupam a 18ª colocação, com 12 pontos em 14 jogos. O Brasil-RS, na 19ª posição, ainda joga na rodada contra o Avaí, no domingo. Primeira equipe fora do Z4, a Ponte Preta tem os mesmos 12 pontos, mas saldo de gols melhor que a Raposa (-4 a -7).

Na próxima rodada, após dois jogos fora de casa, o Cruzeiro retorna a Belo Horizonte, onde enfrenta o Londrina em jogo marcado para as 21h30 de sexta-feira, no Mineirão. O Vila Nova, por sua vez, mede forças com o Guarani, às 11h de sábado, no Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas-SP.

 

O jogo

Mesmo com novo plano de jogo - do 4-3-3 para o 3-4-3 - e peças diferentes, o Cruzeiro voltou a encontrar muitas dificuldades no primeiro tempo do jogo diante do Vila. Logo aos 13', Fábio precisou salvar finalização de cabeça de Henan. Sete minutos depois, foi a vez de Alan Grafite infiltrar na área, após falha de marcação de Eduardo Brock, e quase marcar pelo chão. 

Inoperante ofensivamente, o Cruzeiro conseguiu chegar ao gol de Georgemy pela primeira vez aos 26', quando Sobis perdeu chance clara de abrir o placar. O atacante, que atuou um pouco mais recuado neste sábado, buscou um voleio após assistência de Thiago, mas a bola saiu pela linha de fundo. Aos 32', Rômulo acertou a trave do Vila em chute de fora da área.

Sem mudanças efetivas, o Cruzeiro voltou do intervalo com a mesma apatia do tempo inicial, sem conseguir agredir o Villa ou sequer assustar o goleiro Georgemy. No momento em que colocou Guilherme Bissoli e Wellington Nem e tirou Bruno José e Rafael Sobis, Mozart viu aumentar as dificuldades nas transições. 

A primeira oportunidade do Cruzeiro no segundo tempo aconteceu apenas aos 33'. Wellington Nem e Norberto participaram de boa trama, e o lateral cruzou da direita para Thiago, que, na segunda trave, desperdiçou tentativa pelo alto. 

Vila e Cruzeiro caminharam para o fim da partida sem eficiência para balançar a rede. Pela Raposa, Thiago desperdiçou duas chances, aos 45' e aos 48', e Guilherme Bissoli outra, aos 51'. Enquanto os donos da casa alcançaram o quarto jogo sem vitória, os mineiros chegaram ao oitavo compromisso sem resultado positivo. 


VILA NOVA 0X0 CRUZEIRO

Vila Nova
Georgemy; Xandão, Renato (Cardoso) e Rafael Donato; Lucas Mazzeti, Dudu, Arthur Resende, Renan Mota (Cássio Gabriel) e Willian Formiga; Alan Grafite (Alesson) e Henan (Pedro Júnior). Técnico: Higo Magalhães

Cruzeiro
Fábio; Ramon, Rhodolfo e Eduardo Brock; Norberto, Lucas Ventura (Flávio), Rômulo (Giovanni) e Felipe Augusto; Rafael Sobis (Guilherme Bissoli), Bruno José (Wellington Nem) e Thiago. Técnico: Mozart 

Cartões amarelos: Marcinho, Thiago, Norberto e Flávio (Cruzeiro); Arthur Resende (Vila Nova)

Motivo: 14ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro
Local: Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga (OBA), em Goiânia-GO
Data e horário: 24 de julho de 2021 (sábado), às 16h30
Árbitro: Alexandre Vargas Tavares de Jesus (RJ)
Assistentes: Thiago Rosa de Oliveira (RJ) e Lilian da Silva Fernandes Bruno (RJ)

Tags: serieb interiormg futnacional vilanovago