Cruzeiro

CRUZEIRO

'Está faltando acordar para o campeonato', diz Ramon sobre fase do Cruzeiro

Zagueiro admite que time está deixando a desejar na Série B

postado em 27/07/2021 08:00 / atualizado em 27/07/2021 15:04

(Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro)

Passadas 14 rodadas na Série B, o Cruzeiro está na penúltima colocação, com 12 pontos, e tem 48,9% de probabilidade de ser rebaixado à terceira divisão, segundo o Departamento de Matemática da UFMG. Questionado em entrevista coletiva sobre as razões para o mau momento do time, o zagueiro Ramon disse que “o principal fator que está faltando” é o elenco “acordar para o campeonato”.

“O principal fator que está faltando é a gente acordar para o campeonato. O campeonato está passando, e a gente está deixando muito a desejar. Digo não apenas os jogadores, mas todos que estão envolvidos no Cruzeiro. Estamos com a defesa mais vazada (23 gols sofridos), coisa que não vínhamos sofrendo no ano passado na Série B”, disse o jogador, que apontou a necessidade de encontrar um ponto de equilíbrio a tempo de garantir a reabilitação antes da virada para o returno.

“Precisamos ter um equilíbrio para parar de tomar gol e, consequentemente, fazer o gol. Estamos batendo nessa tecla todos os dias, conversando com o elenco, conversando com a comissão o que temos que melhorar, os treinamentos estão aí para corrigir os erros e melhorar a cada dia. Daqui a pouco acaba o primeiro turno, e quando começa o segundo turno, vai afunilando, e a gente precisa procurar esse equilíbrio para ter um campeonato bom e conseguir o objetivo principal”.


Mas de quem é a culpa pela péssima campanha da Raposa? Jogadores? Comissão técnica? Diretoria? Ramon preferiu não individualizar e ressaltou a responsabilidade de cada um. “Não cabe a mim dizer quem é o culpado. Cada um tem a sua parcela de responsabilidade no Cruzeiro, tanto nós jogadores quanto a comissão e a diretoria. Sabemos do peso que é vestir essa camisa e usufruir desse clube. Estamos procurando sempre evoluir para melhorar a cada jogo”.

Sem vencer há oito jogos (cinco empates e três derrotas), o Cruzeiro terá confronto direto com o Londrina, às 21h30 de sexta-feira, no Mineirão, pela 15ª rodada. A pressão por bons resultados é forte em cima de Mozart Santos, a ponto de o presidente Sérgio Santos Rodrigues e o patrocinador Pedro Lourenço terem conversado com Vanderlei Luxemburgo para ser um possível substituto. O discurso de Ramon é que o grupo celeste está fechado com o atual comandante. 

“Temos total confiança na comissão e no treinador. O grupo está unido e focado em um único objetivo. A gente sabe que está difícil agora, mas vamos em busca dele. Temos que pensar jogo a jogo, rodada a rodada. O professor também nos passa muita confiança para jogarmos tranquilos e leves. Estamos batendo na tecla de confiança e de grupo unido para que nos próximos jogos as vitórias voltem”.

O objetivo por vezes mencionado por Ramon na coletiva é o retorno à Série A do Campeonato Brasileiro. Os números atuais indicam uma probabilidade mínima, inferior a 1%, de acordo com a UFMG. Dos 72 pontos a serem disputados nas 24 rodadas restantes, o Cruzeiro precisaria somar no mínimo 51 - algo como 15 vitórias, seis empates e três derrotas - para chegar a 63 e ter mais de 99% de chance de acesso.

Tags: zagueiro Cruzeiro serieb interiormg futnacional Ramon