Cruzeiro

CRUZEIRO

Cruzeiro: Moreno comenta sondagem do Chile e explica por que crê em reação

Atacante ainda elogiou o técnico Mozart, que pediu demissão após empate com o Londrina por 2 a 2, na última sexta-feira

postado em 02/08/2021 13:19 / atualizado em 02/08/2021 15:36

(Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro)

O atacante Marcelo Moreno acredita que a dedicação e a união dos jogadores podem ajudar o Cruzeiro a encontrar o caminho das vitórias na Série B. Já são nove jogos de jejum, com três derrotas e seis empates. De acordo com o atacante, a hora não é de apontar culpados pela péssima fase do time em campo, na 18ª posição da segunda divisão, com 13 pontos em 15 jogos.



"Eu confio muito no trabalho da nossa equipe, os jogadores estão muito comprometidos com a equipe, isso te faz acreditar, te faz ter fé que as coisas vão mudar. A gente tem que ter o resultado que todo mundo espera para que as coisas possam melhorar. Acredito que esta união pode fazer a diferença, independente do treinador que esteja chegando", disse.

Moreno prefere ainda não falar em acesso. A Raposa está distante 13 pontos do Avaí, clube que abre o G4 da Série B. "O sonho do acesso você vive ele todos os dias, de jogar a primeira divisão, de ser campeão com o Cruzeiro novamente. Mas não é fácil, é difícil, vamos jogar contra todos que não querem o acesso do Cruzeiro, porque o Cruzeiro é um clube gigante e todo mundo vai querer jogar contra. Acho que temos que ir jogo a jogo e ver como nos comportamos durante do campeonato", frisou.

O atacante boliviano não quis eleger um culpado pelo péssimo momento do Cruzeiro em campo. "É um trabalho de equipe, você não pode levantar a mão e falar que foi a diretoria, ou foram os jogadores, ou o treinador. É um trabalho em equipe, a responsabilidade é de todo mundo, o mesmo ocorre quando a gente é vitorioso, a responsabilidade é de todos. Neste momento, é hora de levantar a cabeça, muito trabalho, muito esforço para a gente continuar no caminho certo e atrair esta sorte. Daqui a pouco, (a sorte) vai virar para o Cruzeiro e vamos atrair esta sorte que tanto precisamos", destacou.

Colo Colo


Marcelo Moreno disse que não recebeu nenhuma proposta oficial do Colo Colo. De acordo com a imprensa chilena, a equipe de Santiago mira a contratação do atacante de 34 anos. "Sempre fui um jogador que recebeu bastante sondagem e continua acontecendo. Quando chegar uma proposta oficial para o meu empresário, acredito que ele vai conversar com o Cruzeiro e mostrar para a diretoria. Por enquanto, não teve nada", frisou.



Mozart


Moreno ainda elogiou o técnico Mozart, que pediu demissão após empate do Cruzeiro com o Londrina, por 2 a 2, na última sexta-feira, no Mineirão. "O Mozart foi o treinador que me resgatou, me deu confiança novamente, já tinha falado para diretores e jogadores que estavam bem fisicamente, e ele enxergou isso, e graças a Deus eu consegui contribuir. Infelizmente, os resultados não acompanharam o trabalho dele. Isso (pedido de demissão) mostra a pessoa que ele é, o respeito que ele teve pelo Cruzeiro, ele mesmo pediu demissão, mostrou ser um cara honesto, homem, isso no futebol é raro de se ver, mas tem gente que valoriza, estou valorizando o trabalho dele, a gente precisa de gente com caráter para assumir a responsabilidade. Eu desejo um ótimo trabalho para ele, que merece".

Tags: Cruzeiro serieb interiormg futnacional Marcelo Moreno