Luxa tentará alcançar top 10 entre técnicos que mais dirigiram o Cruzeiro

Marca só poderá ser batida na temporada 2022

04/08/2021 07:00 / atualizado em 04/08/2021 08:25
compartilhe
Luxemburgo na segunda passagem pelo Cruzeiro
foto: Rodrigo Clemente/EM/D.A Press - 28/08/2015

Luxemburgo na segunda passagem pelo Cruzeiro


Em sua terceira passagem pelo CruzeiroVanderlei Luxemburgo tem chance de alcançar o top 10 entre os técnicos que mais dirigiram o clube. Em 15º lugar, com 126 partidas, ele precisa comandar o time mais 44 vezes para superar o 10º colocado, Marcelo Oliveira (169). Entre os dois estão Bengala (136), Carlos Alberto Silva (135), Gerson Santos (134) e Zezé Moreira (132).

Cruzeiro 100 anos: técnicos que comandaram o time


Ultrapassar Marcelo Oliveira em 2021 é uma tarefa impossível, pois restam somente 23 jogos para o Cruzeiro na Série B. Entretanto, Luxa fechou acordo até dezembro de 2022 e pode dar um salto muito maior no ranking.

Se cumprir o contrato até o fim, Vanderlei terá chance até mesmo de atingir 200 partidas, marca que somente cinco comandantes conseguiram: Ilton Chaves (362), Levir Culpi (257), Niginho (256), Mano Menezes (235) e Ayrton Moreira (206).

O primeiro trabalho de Luxemburgo no Cruzeiro, de agosto de 2002 a fevereiro de 2004, trouxe muitas alegrias aos torcedores. Em 2003, o clube viveu o melhor ano de sua história com a conquista da Tríplice Coroa - Campeonato Mineiro, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro.

Das façanhas de 2003, destaque para os títulos invictos do Mineiro e da Copa do Brasil, dos 100 pontos em 46 rodadas no Brasileirão (72,47%) e da média de 2,45 gols por jogo - 179 em 73 partidas. Alex encerrou o ano como artilheiro, com 39 gols, seguido por Aristizábal (28), Deivid (28) e Mota (25).

Treinadores que mais dirigiram o Cruzeiro


Já em 2015, Vanderlei obteve inferior a 37% de aproveitamento em 19 jogos pelo Cruzeiro, com seis vitórias, três empates e 10 derrotas. O trabalho durou menos de quatro meses, e o treinador foi demitido com a equipe na 16ª colocação da Série A, com 22 pontos em 21 rodadas, além de ter sido eliminado nas oitavas de final da Copa do Brasil pelo Palmeiras de Marcelo Oliveira, a quem havia substituído na Toca.

O retrospecto geral de Luxemburgo no Cruzeiro é de 74 vitórias, 25 empates e 27 derrotas. Em 2021, o treinador de 69 anos tentará se inspirar no índice de 2003 para livrar o clube do rebaixamento à terceira divisão e, quem sabe, brigar pelo acesso. Em 18º lugar na Série B, com 13 pontos em 15 jogos, a Raposa encara o Brusque (6º, com 24) no sábado, às 11h, no estádio Augusto Bauer, em Brusque-SC, pela 16ª rodada.

Técnicos do Cruzeiro na gestão de Sérgio Rodrigues


Compartilhe