Cruzeiro encara Vasco, seu principal adversário fora de Minas; veja números

Equipes se enfrentam pela 101ª vez neste domingo, às 16h, no Rio de Janeiro

18/09/2021 11:00 / atualizado em 18/09/2021 09:22
compartilhe
Cruzeiro venceu Vasco por 2 a 1, em 24 de junho, no Mineirão
foto: Ramon Lisboa/EM D.A Press

Cruzeiro venceu Vasco por 2 a 1, em 24 de junho, no Mineirão


O Cruzeiro encara o Vasco, seu principal adversário fora de Minas Gerais, no duelo deste domingo, às 16h, em São Januário, pela 25ª rodada da Série B. Gigantes no futebol nacional, com quatro títulos do Campeonato Brasileiro cada um, os clubes se encontram distantes da briga pelo retorno à elite. Com 30 pontos em 24 partidas, o time celeste tem 1,5% de chance de acesso, enquanto o cruz-maltino, que soma 33, contabiliza 4,9%. O 4º colocado, CRB, está com 41 pontos e detém 51,2% de probabilidade de promoção à Série A, de acordo com o Departamento de Matemática da UFMG.

Em meio ao cenário delicado na segunda divisão, mineiros e cariocas fazem o jogo de número 101 neste domingo. O retrospecto é favorável à Raposa: 37 vitórias, 32 empates e 31 derrotas, com 150 gols marcados e 128 sofridos. O primeiro encontro foi há quase 91 anos, em 30 de outubro de 1927. O jogo no estádio do Barro Preto, em Belo Horizonte, terminou em igualdade no placar: 1 a 1.

Cruzeiro x Vasco: veja fotos históricas do confronto




Dos 100 jogos entre Cruzeiro e Vasco, 61 foram pelo Campeonato Brasileiro, oito na Copa do Brasil, seis na Copa Libertadores, duas na Seletiva da Copa Libertadores, um na Série B e 22 em amistosos. Sexto maior artilheiro da história celeste, com 163 gols, Marcelo Ramos foi quem mais balançou a rede vascaína, em cinco oportunidades.

Cruzeiro e Vasco mediram forças nas caminhadas rumo a títulos importantes. Nos troféus das Copas do Brasil de 1993, 1996 e 2003, o time celeste eliminou o cruz-maltino, que, por sua vez, bateu os azuis na Copa Libertadores de 1998 e no Campeonato Brasileiro de 2000.

A única final terminou com triunfo vascaíno: 2 a 1, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro de 1974. Até hoje os cruzeirenses lamentam o erro do árbitro Armando Marques, que anulou gol legítimo do meio-campista Zé Carlos no fim do segundo tempo, após cruzamento do lateral-direito Nelinho da linha de fundo. Os mineiros precisavam de um empate para serem campeões.

Na Série B de 2021, o Cruzeiro ganhou do Vasco por 2 a 1, em 24 de junho, pela sexta rodada. A equipe carioca abriu o placar com Morato, aos 9 minutos do primeiro tempo, porém a Raposa virou com dois gols de Matheus Barbosa, aos 15 e 28 minutos. O jogo foi realizado no Mineirão.

Maiores adversários nacionais do Cruzeiro


Vasco: 100 jogos - 37 vitórias, 32 empates, 31 derrotas

Palmeiras: 97 jogos - 35 vitórias, 28 empates, 34 derrotas

Flamengo: 97 jogos - 35 vitórias, 26 empates, 36 derrotas

Botafogo: 93 jogos - 40 vitórias, 30 empates, 23 derrotas

Corinthians: 90 jogos - 30 vitórias, 22 empates, 38 derrotas

São Paulo: 86 jogos - 22 vitórias, 22 empates, 42 derrotas

Internacional: 85 jogos - 29 vitórias, 24 empates e 32 derrotas

Santos: 84 jogos - 30 vitórias, 22 empates, 32 derrotas

Fluminense: 83 jogos - 26 vitórias, 22 empates e 35 derrotas

Grêmio: 78 jogos - 33 vitórias, 20 empates e 25 derrotas

Compartilhe