Cruzeiro empata mais uma, agora com Guarani, e mantém calvário na Série B

Com 1 a 1 no Brinco de Ouro, em Campinas-SP, time celeste alcançou 14° empate na Segunda Divisão

29/09/2021 21:02 / atualizado em 29/09/2021 21:25
compartilhe
Vitor Leque foi uma das surpresas de Luxemburgo para jogo em Campinas
foto: Thomaz Marostegan/Guarani FC

Vitor Leque foi uma das surpresas de Luxemburgo para jogo em Campinas

O Cruzeiro alcançou, nesta quarta-feira, em Campinas-SP, a impressionante marca de 14 empates na Série B do Campeonato Brasileiro. O time de Vanderlei Luxemburgo saiu na frente em jogo diante do Guarani, com Ramon, mas levou um gol no início do segundo tempo. Mateus Ludke deu números finais ao duelo: 1 a 1. 

Com o placar, o Cruzeiro segue estacionado na segunda parte da tabela da Segunda Divisão. O time celeste é o 15° colocado, com 32 pontos - cinco a mais que o Londrina, que abre a zona de rebaixamento da Série B.  

Na próxima rodada, o Cruzeiro tem pela frente o lanterna Brasil-RS, que somou apenas 17 pontos na Série B. O duelo está marcado para as 11h de domingo, no Independência.  Os ingressos para a partida já estão à venda . O Guarani, por sua vez, duela com o Brusque no sábado, às 16h, em Santa Catarina. 


O jogo


No ímpeto do jovem atacante Vitor Leque, de 20 anos, que ganhou a primeira oportunidade como titular, o Cruzeiro iniciou o duelo contra o Guarani mais perigoso do que o adversário. Com controle da posse de bola e blocos próximos, os mineiros conseguiram abrir o placar.

Aos 12', Giovanni cobrou escanteio no lado direito e encontrou Ramon no meio da área. O zagueiro se protegeu em Marcelo Moreno e subiu livre para marcar. 1 a 0 . O Guarani quase conseguiu o empate dois minutos depois. Aos 14', Júlio César finalizou de média distância e acertou o travessão de Fábio. 

À frente do placar, o Cruzeiro deu campo ao Guarani para tentar jogar no erro do adversário. Aos 17', Fábio salvou, à queima-roupa, em tentativa do lateral Mateus Ludke. A Raposa até conseguiu explorar alguns contra-ataques, especialmente com Leque e Felipe Augusto, mas decisões erradas no último passe impediram a equipe de aumentar o placar. 

Assim como na derrota por 2 a 1 para o CSA, no fim de semana, o Cruzeiro voltou do intervalo já sofrendo o empate. Desatento, o time de Vanderlei Luxemburgo ficou só observando o Guarani construir jogada desde a defesa até a finalização de Mateus Ludke, aos 4'. 1 a 1

A sequência do jogo mostrou equipes mais retraídas, com certo receio de abrir o sistema defensivo. O Guarani teve mais sucesso na tentativa de manter a bola no campo ofensivo, mas assustou pouco o goleiro Fábio na parte final do segundo tempo.

Embora apagado na maior parte da etapa final, foi o Cruzeiro que criou as melhores chances. Os mineiros acertaram o travessão duas vezes: aos 39', em tentativa de Ramon pelo alto, e aos 54', em cobrança de falta do zagueiro Eduardo Brock. Sem bola na rede, o jogo acabou mesmo empatado.

GUARANI 1X1 CRUZEIRO

Guarani
Rafael Martins, Mateus Ludke, Thales (Carlão), Ronaldo Alves (Índio) e Bidú; Bruno Silva, Rodrigo Andrade e Régis (Maxwell); Bruno Sávio, Júlio César (Andrigo) e Júnior Todinho (Lucão do Break). Técnico: Daniel Paulista

Cruzeiro
Fábio; Rômulo, Eduardo Brock, Ramon e Felipe Augusto; Lucas Ventura (Raúl Cáceres), Flávio e Giovanni (Ariel Cabral); Claudinho (Bruno José), Vitor Leque (Keké) e Marcelo Moreno. Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Gols: Ramon (aos 12'1°T); Mateus Ludke (aos 4'2°T)
Cartões amarelos: Thales, Ronaldo Alves, Júnior Todinho, Bidú (2x) (Guarani); Ramon (Cruzeiro)
Cartão vermelho: Bidú, aos 49'2°T (Guarani)

Motivo: 27ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro
Estádio: Brinco de Ouro da Princesa
Data e horário: 29 de setembro de 2021 (quarta-feira), às 19h
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)
Assistentes : Ivan Carlos Bohn e Sidmar dos Santos Meurer (PR)
VAR: Adriano Milczvski (PR)

Compartilhe