Cruzeiro na Série B: veja a chance de acesso e o risco de rebaixamento

Raposa está a 11 pontos do Avaí, clube que abre o G4; distância para o Z4 é de oito pontos

18/10/2021 11:01 / atualizado em 18/10/2021 11:43
compartilhe
Luxemburgo precisa de um milagre para levar o time para a Série A neste ano
foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

Luxemburgo precisa de um milagre para levar o time para a Série A neste ano


Para desgosto dos torcedores, o  Cruzeiro  está muito próximo de garantir mais uma temporada na  Série B . De acordo com o Departamento de Matemática da UFMG, a Raposa tem probabilidades muito pequenas de conquistar o acesso ( 0,16% ) ou ser rebaixada ( 0,76% ).
Com o encerramento da rodada no fim de semana, o time de Vanderlei Luxemburgo ficou com 39 pontos, a 11 de distância do  Avaí  (50), clube que abre o grupo dos quatro primeiros colocados. Por outro lado, a distância para o Z4 também é grande: oito pontos. O  Londrina   é o primeiro time dentro da zona da degola, com 31 pontos.

Com oito rodadas até o fim, o Cruzeiro pode chegar a, no máximo, 63 pontos. Com esta pontuação, um time tem 95,9% de probabilidade de subir para a Série A, de acordo com dados da UFMG. Caso seja derrotado em um jogo, a chance de acesso reduz para 47,6%. Em caso de duas derrotas, cai para 2,3%.

O Cruzeiro terá uma tabela difícil até o fim da competição. Dos clubes que brigam pelo acesso, a Raposa vai encarar o Avaí, em Florianópolis; Sampaio Corrêa, em São Luís; e Náutico, em Belo Horizonte. Outros times estão na situação de meio de tabela como o Cruzeiro, casos de Remo e Vila Nova-GO. Das equipes que lutam contra o rebaixamento, os adversários serão Londrina, na Ressacada; Brusque, em BH; e Vitória, em Salvador. 

Chances de acesso


1 - CORITIBA: 90.4%
2 - BOTAFOGO: 86.0%
3 - GOIÁS: 67.5%
4 - AVAÍ: 60.8%
5 - CRB: 38.4%
6 - VASCO DA GAMA: 18.9%
7 - CSA: 16.1%
8 - GUARANI: 14.0%
9 - NÁUTICO: 7.3%
10 - SAMPAIO CORRÊA: 0.30%
11 - CRUZEIRO: 0.16%

Risco de queda


1 - BRASIL DE PELOTAS: 99.97%
2 - VITÓRIA: 85.6%
3 - CONFIANÇA: 82.6%
4 - LONDRINA: 61.3%
5 - PONTE PRETA: 25.1%
6 - OPERÁRIO: 24.6%
7 - BRUSQUE: 14.6%
8 - REMO: 3.2%
9 - VILA NOVA: 2.0%
10 - CRUZEIRO: 0.76%

Compartilhe