Futebol Internacional

GOULART

Naturalizado, Ricardo Goulart retorna à China e aguarda fim da paralisação

Meia-atacante obteve livre trânsito para sair e voltar ao país asiático

postado em 06/04/2020 16:29 / atualizado em 06/04/2020 16:42

(Foto: Guanghzou Evergrande/Divulgação)
O meia-atacante Ricardo Goulart, que fez sucesso no Cruzeiro e também passou pelo Palmeiras, conseguiu algo que poucos jogadores brasileiros que jogam no exterior tiveram autorização: retornar ao país natal durante a paralisação por conta do coronavírus. O jogador que defende o Guanghzou Evergrande pôde viajar ao Brasil porque recentemente finalizou o processo de naturalização como chinês e, portanto, teve livre trânsito para sair e voltar para o país asiático.

O meia-atacante está na China desde a última sexta-feira e, no momento, respeita o período de 14 dias de quarentena estabelecido pelo governo chinês. Como o país já avançou significativamente no combate ao coronavírus, Ricardo Goulart vive a expectativa pela progressiva normalização das atividades futebolísticas.

“Cheguei na China no fim da última semana, agora vou respeitar o período que eles nos pediram de 14 dias de quarentena para aí poder seguir a programação com o clube. Creio que seja um processo importante, aqui as coisas estão sendo muito respeitadas e rígidas, mas acho que seja o ideal a se fazer”, afirmou o jogador.

“Estava no Brasil, respeitando também o pedido de ficar em casa, estava com minha família, mas agora que as coisas estão normalizando aqui na China, com menos casos, esperamos que possamos voltar a treinar e atuar o quanto antes”, completou.

Tags: china cruzeiroec palmeirassp ricardo goulart Guanghzou Evergrande