Futebol Internacional

EUROCOPA

Bélgica e Dinamarca vencem e garantem vaga nas oitavas de final da Eurocopa

Belgas derrotaram a Finlândia, por 2 a 0, em São Petersburgo, enquanto os dinamarqueses golearam a Rússia, por 4 a 1

postado em 21/06/2021 18:15

(Foto: AFP)


Bélgica e Dinamarca são as seleções representantes do Grupo B nas oitavas de final da Eurocopa. Nesta segunda-feira, os belgas derrotaram a Finlândia, por 2 a 0, em São Petersburgo, enquanto os dinamarqueses golearam a Rússia, por 4 a 1, em Copenhague.

Com estes resultados, a Bélgica somou nove pontos, ficou na liderança da chave e agora vai enfrentar um dos terceiros colocados, domingo, em Sevilha, na Espanha. Já a Dinamarca, segunda colocada, com três pontos, atua no sábado, em Amsterdã, frente ao País de Gales. A Finlândia, terceira colocada, espera pelos demais resultados para ver se continua na disputa. A Rússia está eliminada.

Em São Petersburgo, o domínio belga foi total nos primeiros 45 minutos. Os finlandeses não tiveram a menor intenção de atacar. Com isso, a seleção terceira colocada na última Copa conseguiu criar boas oportunidades, principalmente quando a bola passava pelos pés de De Bruyne.

O craque do Manchester City deixou Lukaku em dois momentos importantes, mas o atacante não teve sucesso nas finalizações. Doku e Witsel forçaram o goleiro Hradecky a fazer boas defesas. Um detalhe: foram feitas apenas sete faltas, sendo duas da Finlândia.

A Bélgica voltou mais agressiva na etapa final, a ponto de deixar espaços para o adversário, que até obrigou o goleiro Courtois a fazer uma defesa, aos 16 minutos, após finalização de Kamara. Mas o domínio foi muito grande e Lukaku teve um gol anulado pelo VAR, aos 20 minuto. Aos 28, não teve jeito. De Bruyne bateu escanteio pela esquerda, Vermaele tocou de cabeça, a bola bateu na trave e o goleiro Hradecky acabou tocando para dentro do gol. O juiz deu gol contra.

Daí até o final os belgas poderiam até construir uma vantagem bem maior, mas estavam satisfeitos com mais uma vitória. Mesmo assim, Lukaku deixou sua marca, aos 36, após novo passe recebido de De Bruyne.

GOLEADA - Em Copenhague, a Dinamarca, empurrada pela barulhenta torcida, teve a iniciativa no ataque, mas não conseguiu furar a retranca dos russos, que foram mais perigosos nos contra-ataques Aos 17, Golovin quase abriu o placar, mas Schmeichel foi bem no lance.

O susto fez os anfitriões acordarem e aí a pressão foi maior até que Damsgaard, aos 37, acertou bonito chute colocado de fora da área, sem defesa para Safonov.

No segundo tempo, os russos se atiraram ao ataque, mas receberam um golpe muito duro, aos 13 minutos, quando Zobnin tentou recuar para Safonov, mas acabou dando uma 'assistência' para Poulsen fazer o segundo gol dinamarquês.

Mesmo desanimada, a Rússia diminuiu com Dzyuba em cobrança de pênalti, aos 24, mas não suportou a pressão do adversário, que alcançou a goleada, após belos gols de Christensen e Maehle.