UAI


Di María detona Sampaoli, ex-Atlético: 'É um cara muito estranho'

Dupla trabalhou junta na Seleção Argentina

02/09/2021 14:33
compartilhe
Di María (mais à esquerda) e Sampaoli (à direita) na Seleção Argentina
foto: Juan Mabromata/AFP

Di María (mais à esquerda) e Sampaoli (à direita) na Seleção Argentina


A passagem de Jorge Sampaoli no comando técnico da Seleção Argentina não deixa saudades nos torcedores albicelestes. O ex-treinador do Atlético teve mau desempenho na Copa do Mundo de 2018 e enfrentou problemas nos bastidores com os jogadores. Nesta quinta-feira, o atacante Ángel Di María - com quem trabalhou no Mundial da Rússia - o criticou.

"Não sei o que posso dizer. Mas a verdade é que ele (Sampaoli) começou muito bem (no comando da Argentina) e terminou mal demais", disse o atacante do PSG, em entrevista ao canal de televisão TyC Sports, da Argentina.

"Ele chegou me tratando como um dos melhores, mas depois de apenas uma partida, me colocou no banco sem nenhuma explicação... Ele é um cara muito estranho. Ele começa bem com todo mundo, mas termina mal", completou o ponta de 33 anos.

Sampaoli chegou à Seleção Argentina em 2017 e conseguiu classificação para a Copa do ano seguinte. No Mundial, envolveu-se em desentendimentos com jogadores e enfrentou fortes críticas pelo desempenho irregular da equipe.

A Argentina foi eliminada nas oitavas de final pela França, que seria campeã. Depois, Sampaoli passou por Santos e Atlético antes de chegar ao Olympique de Marseille, clube francês em que trabalha atualmente.
Compartilhe