UAI


Koeman é punido com duas partidas por criticar arbitragem em jogo do Barça

Técnico holandês foi expulso na partida contra o Cadiz, quinta-feira

24/09/2021 17:46
compartilhe
Ronald Koeman, técnico do Barcelona, no confronto contra o Granada
foto: LLUIS GENE / AFP

Ronald Koeman, técnico do Barcelona, no confronto contra o Granada

O técnico do Barcelona, Ronald Koeman, foi suspenso por dois jogos, depois de ter sido expulso na quinta-feira, na partida da LaLiga contra o Cádiz, que terminou em 0 a 0.

O Comitê de Competição, órgão disciplinar da Federação Espanhola (RFEF), impôs a menor penalidade prevista para o protesto de um árbitro, conforme registrado pelo oficial da partida em sua súmula.

O árbitro Carlos del Cerro Grande escreveu que Koeman foi expulso por "reclamar com o quarto árbitro de forma ostensiva, com os braços erguidos, e deixando a área técnica nos seguintes termos: "Ei! o árbitro tem que apitar, o árbitro tem que apitar! Nossa, ele tem que apitar!", sendo previamente avisado pelo quarto árbitro para que cessasse sua conduta de protestos contra as decisões arbitrais".

O treinador do Barça foi expulso no último minuto da partida após protestar devido ao aparecimento de uma segunda bola em campo.

"Neste país, eles te expulsam por nada", disse Koeman em entrevista coletiva após a partida em Cádiz, explicando que "foi para dizer ao quarto árbitro que havia uma segunda bola em campo, que ele teria que interromper o jogo".

O treinador do Barça, pressionado pelos resultados e pelo jogo da equipe, não poderá comandar a equipe à beira do campo no domingo pela sétima rodada da LaLiga contra o Levante e não poderá entrar em campo no dia 2 de outubro na visita ao Atlético de Madrid.

O Comitê de Competição também sancionou com uma partida de suspensão o meia Frenkie de Jong, expulso na mesma partida contra o Cádiz após receber dois cartões amarelos.

Compartilhe