UAI


Rabiot desfalca França na final da Liga das Nações por COVID-19

Meia, jogador da Juventus, foi colocado em isolamento

09/10/2021 11:44 / atualizado em 09/10/2021 11:51
compartilhe
Meia Adrien Rabiot testou positivo para a COVID-19
foto: FRANCK FIFE / various sources / AFP

Meia Adrien Rabiot testou positivo para a COVID-19

A Seleção da França terá um importante desfalque na final da Liga das Nações contra a Espanha, neste domingo, às 15h45 (de Brasília), no estádio San Siro, em Milão, na Itália. O meia Adrien Rabiot testou positivo para a covid-19 e está impedido de entrar em campo.

De acordo com um comunicado oficial divulgado neste sábado pela Federação Francesa de Futebol (FFF, na sigla em francês), o jogador da Juventus "foi colocado em isolamento", pelo que "não irá para Milão e não poderá ser substituído".

Rabiot, de 26 anos, foi testado na última sexta-feira, juntamente com todos os seus companheiros de equipe, com os resultados divulgados neste sábado, sendo que todos os outros jogadores tiveram resultado negativo.

Na última quinta-feira, o meia foi titular da França, saindo aos 30 minutos do segundo tempo, no duelo que os atuais campeões da Copa do Mundo venceram de virada a Bélgica por 3 a 2, no Juventus Stadium, em Turim, depois de terem ido ao intervalo perdendo por 2 a 0.

Para o confronto pelo título da Liga das Nações, vencida em 2019 por Portugal, o treinador francês Didier Deschamps já não podia contar com o zagueiro Lucas Digne por conta de uma lesão. Aurélien Tchouaméni, volante do Monaco, deve assumir a vaga no meio de campo.

Segundo o regulamento da Uefa para a fase final da competição, "se um grupo de jogadores de uma equipe for colocado em quarentena obrigatória ou em isolamento, (...) o jogo será disputado como previsto se a equipe tiver um mínimo de 13 jogadores (sendo pelo menos um goleiro) disponíveis".
Compartilhe