UAI


Juventus bate Roma, fatura 5ª vitória seguida e mantém reação no Italiano

Passada a dificuldade das primeiras rodadas, a equipe de Turim chegou aos 14 pontos e já vislumbra a briga pelas primeiras posições

17/10/2021 18:29
compartilhe
Kean marcou o único gol do clássico italiano
foto: Divulgação/Juventus

Kean marcou o único gol do clássico italiano


Aos poucos, a Juventus vai entrando nos trilhos no Campeonato Italiano. Após fazer um fraco início de competições, o time de Turim emplacou neste domingo sua quinta vitória seguida ao superar a Roma, do técnico José Mourinho, por 1 a 0, em casa. Se levar em consideração outros torneios, a Juventus soma agora seis triunfos consecutivos.
Passada a dificuldade das primeiras rodadas, a equipe de Turim chegou aos 14 pontos e já vislumbra a briga pelas primeiras posições. Ocupa, no momento, o sétimo lugar. Já a Roma estacionou nos 15, no quarto lugar. A liderança está com o Napoli, dono de 24 pontos em oito rodadas.

Apesar de jogar fora de casa, a Roma parecia estar diante de sua torcida nos primeiros minutos em Turim. A equipe de Mourinho impôs pressão e criou boas chances, como a de Mancini, logo aos 5 minutos. Ele cabeceou sozinho quase na pequena área e o goleiro Szczesny fez ótima defesa. Na sequência, Pellegrini também perdeu boa chance, mandando por cima do travessão.

Mais precisa, a Juventus só precisou de uma oportunidade para abrir o placar. Aos 16, o uruguaio Bentancur cruzou da esquerda e Kean completou para as redes, esfriando o ritmo dos visitantes

Mas a Roma não se abateu e teve chance incrível para empatar aos 40. Szczesny derrubou Mkhitaryan dentro da área após bela jogada individual de Abraham e o árbitro anotou o pênalti. Veretout bateu muito mal, fraco e rasteiro, facilitando a vida do goleiro, que salvou os donos da casa.

O segundo tempo começou equilibrado. Mais cautelosa, a Juventus esperava a Roma em seu campo de defesa, em busca do contra-ataque. A Roma tinha maior posse de bola. O time da casa, então, passou crescer em campo, tomando conta de cada setor e se arriscando mais no ataque. Sem espaço, a Roma praticamente deixou de atacar e esteve longe de empatar. Mais eficiente, a Juventus assegurou o triunfo sem sobressaltos.

Compartilhe