UAI


Kimmich admite fazer parte de quinteto do Bayern que não tomou vacina

Meia alemão disse não ser negacionista, mas aguarda 'estudos de longo prazo'

25/10/2021 11:22
compartilhe
Kimmich (à direita) é um dos cinco jogadores do clube da Alemanha que não se vacinaram
foto: Christof STACHE/AFP

Kimmich (à direita) é um dos cinco jogadores do clube da Alemanha que não se vacinaram

Joshua Kimmich, jogador do Bayern de Munique, admitiu que não se vacinou contra a COVID-19. O atleta alegou que prefere aguardar novos estudos de longo prazo sobre as possíveis consequências e reações da vacinação. Ele é um dos cinco jogadores do clube da Alemanha que não se vacinaram - os outros nomes não foram revelados.

Depois da vitória por 4 a 0 sobre o Hoffenheim, no último sábado, pelo Campeonato Alemão, Kimmich deu entrevista sobre o assunto ao jornal alemão Bild. "Sim, não me vacinei. Ainda tenho algumas dúvidas sobre estudos de longo prazo. Cumpro todas as medidas de segurança, não sou negacionista da COVID-19 ou antivacina. Existem algumas pessoas que têm dúvidas e elas têm as suas razões", disse.

Durante a pandemia do novo coronavírus, Kimmich e Leon Goretzka, também do Bayern de Munique, fundaram a campanha "WeKickCorona" (nós chutamos o corona) para combater a COVID-19 e doar dinheiro no combate à doença.

Vale ressaltar que os índices de mortes por COVID-19 caíram drasticamente no Brasil com o avanço da vacinação no país. Atualmente a única maneira cientificamente comprovada de reduzir os riscos de consequências graves em caso de contrair o vírus é por meio da vacinação. Além disso, a imunização é segura e não provoca danos futuros, como questiona Kimmich.

Neste mês, o Brooklyn Nets afastou o armador Kyrie Irving das atividades do time, como jogos e treinamentos, até que ele seja elegível sob os protocolos sanitários, como por exemplo a vacina contra a COVID-19. O jogador de basquete é declaradamente antivacinas.

Segundo o gerente geral dos Nets, Sean Marks, Irving "fez uma escolha pessoal que restringe sua capacidade de ser um membro em tempo integral da equipe e não permitiremos que nenhum membro de nosso time participe em tempo parcial", declarou.

Compartilhe