UAI

2

Técnico do Bayern revela ter recebido '450 ameaças de morte' após queda

Treinador lamentou a situação e admitiu que merecia ouvir críticas pela queda no torneio, mas desde que fossem construtivas

15/04/2022 15:50 / atualizado em 15/04/2022 16:50
compartilhe
Julian Nagelsmann revelou as consequências sofridas por ele após a eliminação do clube nas quartas de final da Liga dos Campeões, contra o Villarreal
foto: CHRISTOF STACHE / AFP

Julian Nagelsmann revelou as consequências sofridas por ele após a eliminação do clube nas quartas de final da Liga dos Campeões, contra o Villarreal



O técnico do Bayern de Munique, Julian Nagelsmann, revelou as consequências sofridas por ele após a eliminação do clube nas quartas de final da Liga dos Campeões, contra o Villarreal. Em entrevista coletiva nesta sexta, o comandante afirmou ter recebido mais de 400 ameaças de morte em suas redes sociais, após o revés.

"Recebo mensagens depois de cada jogo, independente de termos ganhado ou perdido. Leio a primeira e depois apago todo o resto. Eu lido bem com as críticas, mas a situação é diferente quando recebe 450 ameaças de morte no Instagram. Até contra minha mãe, que nada tem a ver com isso. Felizmente, não leio todas", revelou o alemão.

O treinador lamentou a situação e admitiu que merecia ouvir críticas pela queda no torneio, mas desde que fossem construtivas.

"Você tem que enfrentar críticas quando é eliminado em um confronto que é considerado favorito, e quando não atinge seus objetivos em duas das três competições que se propõe a ganhar", comentou.

"Mas algumas pessoas perdem toda a noção quando desligam a televisão e ficam completamente malucas. Elas ainda acham que estão certas. É uma coisa bizarra", concluiu.

A eliminação dos bávaros ocorreu após a equipe ter empatado o duelo de volta com os espanhóis, em 1 a 1, na última terça-feira. No primeiro jogo, fora de casa, o time foi derrotado por 1 a 0.

O Bayern de Munique volta a campo neste domingo, diante do Arminia, às 10h30 (de Brasília). O clube ocupa a liderança do Campeonato Alemão, com nove pontos de vantagem em relação ao segundo colocado, Borussia Dortmund.

Compartilhe