UAI

2

Lyon bate Ajaccio e tem estreia positiva pelo Campeonato Francês

Em Lyon, time da casa teve dois jogadores explusos, entre eles Paquetá, mas fez a 1 no placar e garantiu triunfo na primeira rodada

05/08/2022 18:51
compartilhe
Lyon estreou com vitória em casa sobre o Ajaccio, mesmo com expulsões
foto: Jean-Philippe Ksiazek/AFP

Lyon estreou com vitória em casa sobre o Ajaccio, mesmo com expulsões


O Lyon estreou com vitória no Campeonato Francês ao derrotar o Ajaccio por 2 a 1, nesta sexta-feira. A partida, que contou com gols de pênalti e dois jogadores expulsos, foi disputada no Estádio Parc Olympique Lyonnais, em Lyon, e marcou a primeira rodada desta temporada da Ligue 1.

A próxima partida do Lyon será contra o Lorient, no próximo domingo, dia 14, às 8h (de Brasília), fora de casa. No mesmo dia, o Ajaccio enfrentará o Lens, em casa, às 10h.

O JOGO

O início do Lyon foi muito superior que o de seu adversário. Utilizando principalmente a ponta direita, a equipe precisou de 12 minutos para abrir o placar. Após um belo passe do brasileiro Lucas Paquetá, Tetê bateu colocado e fez o primeiro para os donos da casa.

Dez minutos depois, Lacazette foi derrubado na grande área e o pênalti foi assinalado. Ele mesmo cobrou e ampliou a vantagem do Lyon. Porém, não demorou para o Ajaccio diminuir, já que, aos 27, o goleiro Anthony Lopes saiu errado do gol e acabou atingindo o atacante El Idrissy. O árbitro expulsou Anthony e marcou a penalidade. Thomas Mangani converteu a cobrança e colocou 2 a 1 no placar.

Já no fim do primeiro tempo, aos 49 minutos, Paquetá recebeu uma cotovelada do meia Hamouna, que já tinha um cartão e foi punido com o segundo vermelho no duelo.

Já na segunda etapa, o Lyon começou mais recuado, porém logo voltou a dominar a posse de bola e pressionar seu adversário. Apesar disso, a primeira chance clara de gol foi do Ajaccio. Marchetti chutou desajeitado e quase encobriu o goleiro, que conseguiu desviar para escanteio com a ponta dos dedos. Os donos da casa voltaram a ter a bola, mas não conseguiram criar oportunidades tão claras para marcar e, mais próximo do final, apenas administraram o resultado.





Compartilhe