UAI

2

Ex-Cruzeiro, Latorre busca retomada no futebol brasileiro em time capixaba

Jogador passou pela equipe celeste entre 2015 e 2019 e não jogou nenhuma partida

24/03/2022 17:55
compartilhe
Latorre, com 25 anos, durante treinamento na Deportiva Ferroviária
foto: Reprodução Twitter/Desportiva

Latorre, com 25 anos, durante treinamento na Deportiva Ferroviária


Atualmente com 25 anos, Gonzalo Latorre busca voltar aos holofotes do futebol defendendo as cores do Desportiva Ferroviária, de Cariacica-ES. O jogador, que teve passagem pelo Cruzeiro entre 2015 e 2019, está de volta ao Brasil após duas temporadas atuando no Cerro Largo, do Uruguai.

"Quando surgiu a oportunidade de voltar a jogar no Brasil, não pensei duas vezes. É um país que eu tenho um carinho enorme, já tive a chance de jogar por aqui e fiquei muito feliz em poder voltar. Gosto muito do futebol brasileiro. A Desportiva me apresentou um projeto legal, e estou muito engajado com o planejamento do clube", disse o atleta.

"Vinha me preparando muito para esse novo desafio. Estou bem preparado. Me sinto pronto para fazer uma grande temporada. Acredito que ainda tenho muito para evoluir e penso que posso ajudar bastante a equipe da Desportiva. Espero que 2022 seja um ano de muitas conquistas e que eu possa ter uma grande sequência", concluiu.


O atleta chegou a Belo Horizonte como 'contrapeso' pela contratação de Arrascaeta junto ao Defensor, do Uruguai. O atacante jamais atuou pelo time principal do Cruzeiro. Ele participou de algumas partidas pela equipe de aspirantes (sub-23), além de 10 jogos pelo sub-20 de 2015 a 2016.

Em 2017, foi emprestado à Sambenedettese, que estava na terceira divisão italiana, porém pouco esteve em campo. No fim de 2018, o Progreso anunciou a contratação do centroavante, mas o Cruzeiro afirmou à época que não recebeu qualquer oferta.

Em 2019, a Raposa anunciou o pagamento de aproximadamente R$ 18,5 milhões ao Atenas, do Uruguai, pela contratação de Latorre. O clube celeste esteve próximo de receber sanções da Fifa por adiar o dia de quitar a dívida.

Compartilhe