FINANÇAS DO FUTEBOL

Cruzeiro supera Atlético em ranking de receitas com sócios em 2020; veja

Grêmio foi o clube que mais faturou com programa de sócio-torcedor no ano passado

postado em 07/05/2021 07:00 / atualizado em 07/05/2021 00:16

(Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro e Bruno Cantini/Atlético)
Com base nos balanços contábeis de 2020 divulgados pelos clubes brasileiros, o site Sports Value, especializado em marketing e finanças, criou um ranking nacional de receitas com programas de sócios-torcedores. No levantamento, o Cruzeiro ocupou a oitava colocação e ficou à frente do Atlético, o 12º (veja lista completa na galeria abaixo).

Os clubes tiveram queda considerável nos ganhos com os programas de sócios no ano passado devido à pandemia da COVID-19, iniciada em março. Desde então, os jogos passaram a ser realizados sem público.

O Cruzeiro faturou R$ 11,8 milhões com o programa Sócio 5 Estrelas em 2020, segundo balanço financeiro divulgado em abril. Já o Atlético teve receita de R$ 9,919 milhões com o programa Galo na Veia, de acordo com com sua demonstração contábil apresentada ao Conselho Deliberativo.

No ranking da Sports Value, as receitas de Raposa e Galo aparecem arredondadas para R$ 12 milhões e R$ 10 milhões, respectivamente.

A título de comparação, o Cruzeiro teve faturamento de R$ 14,12 milhões com o Sócio 5 Estrelas em 2019. Já o Atlético faturou R$ 10,371 milhões com o Galo na Veia naquele ano.

Veja, na galeria, as receitas dos clubes brasileiros em 2020 com programas de sócios:



Números de sócios e programas


Em entrevista ao Superesportes, em março deste ano, o diretor de negócios e inteligência do Cruzeiro, Matheus Gonzaga, revelou que o clube tem cerca de 43 mil sócios. “Quando falo número de sócios, estou falando de número de CPFs. Como o sócio Reconstrução e outras modalidades do passado permitiam que um CPF tivesse mais de uma cota, a gente viu que algumas pessoas compraram nove, dez ou até mesmo 30 cotas. Esse número então é sempre dúbio”, explicou o dirigente.

(Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro)


Atualmente, o Sócio 5 Estrelas comercializa cinco planos com mensalidades distintas: Diamante, R$1.000,00; Platina, R$159,90; Ouro, R$99,90; Prata, R$69,90; e Bronze, R$23,90.

Apesar da incerteza sobre a volta da torcida aos estádios, o Cruzeiro espera que o faturamento com o Sócio 5 Estrelas aumente de 25 a 30% em 2021. “O Cruzeiro pela primeira vez tem um orçamento definido para trabalho em todas as áreas. A estimativa de receitas de sócios este ano é em torno de R$16 milhões”, comentou o diretor de negócios à reportagem.

(Foto: Pedro Souza/Atlético)


Em outubro de 2020, o Atlético anunciou, no Twitter, que havia atingido a marca de 50 mil sócios. À época, o clube não informou se o número se referia apenas a adimplentes.

Procurada nessa quinta-feira (6/5), a assessoria explicou que não consegue precisar o número exato de sócios do Atlético porque este é um momento de renovação de planos.

Esta semana, o Atlético lançou a quinta modalidade do programa Galo na Veia: Forte e Vingador. O custo é de R$ 55 por mês (ou R$ 660 por ano). Até então, os planos disponíveis eram o GNV Preto (R$ 360,00 por ano ou 12x de R$30,00); GNV Prata (R$ 240,00 por ano ou 12x de R$20,00); GNV Branco (R$ 120,00 por ano ou 12x de R$10,00); e GNV Kids (R$ 120,00 por ano ou 12x de R$ 10,00).

(Foto: Sports Value)

Tags: serieb atleticomg cruzeiroec interiormg futnacional atleticopr flamengorj vascorj fluminenserj saopaulosp corinthianssp palmeirassp gremiors internacionalrs seriea santossp bahiaba goiasgo coritibapr fortalezace cearace