Oeste

AMÉRICA

Felipe Conceição aposta na sustentação defensiva para América encontrar caminho das vitórias na Série B

Coelho venceu apenas uma partida e, 11 jogos na competição

postado em 24/07/2019 01:27 / atualizado em 24/07/2019 02:55

<i>(Foto: Ramon Lisboa/EM/D. A. Press)</i>
O América segue sem conseguir vencer em casa na Série B. O empate em 0 a 0 com o Oeste nesta terça-feira, pela 11ª rodada da competição serviu para tirar a lanterna das mãos do Coelho, mas pouco melhorou a situação do time na tabela. A equipe ocupa a penúltima colocação na classificação, com sete pontos.
A aposta do treinador Felipe Conceição para reagir na competição é buscar a solidez defensiva. Para o técnico, priorizar a defesa é a chave para encontrar o caminho da vitória.

"A sustentação defensiva vai dar para essa equipe as vitórias. Não deu hoje, pode dar sexta, pode dar na semana que vem, mas se a gente não toma o gol, a gente está mais perto da vitória. No momento a gente conquista um ponto, passamos o Guarani, estamos a quatro do Vila Nova, ou seja, diminui um ponto de quem está fora. Foi perfeito? Não. Finalizamos muitas bolas? Sim. No alvo, não. Precisa ajustar o último terço? Sim. Mas precisa de tempo. E isso a gente não tem. Tem que ser com jogos, com competição, e a gente está buscando fazer isso", afirmou o técnico. 

Com apenas dois jogos no comando da equipe, Felipe Conceição reconhece que há muito o que evoluir, mas ressalta que houve melhora em alguns pontos, principalmente na defesa.

"Nós tivemos uma primeira semana de trabalho e focamos muito na parte defensiva. É o primeiro jogo depois da parada que a gente não toma gol. Então, temos que, também, começar a valorizar as coisas positivas que estão acontecendo. Não tem salto. É um tijolinho de cada vez, uma coisa que se ganha a cada jogo", disse Conceição.

Estratégia defensiva


Felipe Conceição escalou o América com três jogadores de marcação no meio-campo. Com a opção pela trinca formada por Zé Ricardo, Juninho e Willian Maranhão, o treinador obteve sucesso na missão de não sofrer gols.

Como também não conseguiu marcar gols, o técnico revelou que, no decorrer da partida, tentou alterar o posicionamento da equipe. Porém, por problemas físicos, não conseguiu obtera formação mais ofensiva.

"A situação dos três volantes, eu pensei em tirar um, puxar o Matheus para dentro e botar o Neto. Só que eu senti o desgaste do Matheus, muito tempo no jogo, e preferi manter a segurança do meio-campo e colocar o Neto no lugar do Matheus. Eu só tinha uma substituição, porque o João teve a situação da cãibra e o Belusso teve desgaste também, físico. A gente vai gerindo o jogo conforme as coisas acontecem", afirmou o técnico.

O treinador americano volta a comandar treinamento nesta quarta, às 14h30, no CT Lanna Drumond. O time terá nova chance de se redimir diante de seu torcedor. Na próxima rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, o Coelho recebe o Atlético Goianiense (sétimo colocado, com 18 pontos) no Independência, às 19h15 de sexta-feira (26).

Tags: serieb futnacional interiormg americamg coelho oestesp serieb