Oeste

AMÉRICA

Oito decisões: Felipe Conceição projeta desafio diante do Atlético-GO e pede concentração total ao América na reta final da Série B

Comandada pelo treinador, reação ao longo do torneio dá ao Coelho a chance de sonhar com o retorno à primeira divisão

postado em 20/10/2019 08:00

<i>(Foto: Daniel Hott/América)</i>

triunfo por 1 a 0 sobre o Oeste, nesse sábado, em Barueri, foi o segunda vitória seguida do América nesta Série B. Após um início de competição muito ruim, chegando a ocupar a lanterna em três rodadas — a última vez na 12° —, o Coelho se recuperou e, agora, almeja o acesso à elite do futebol nacional.

Em quinto lugar, com 47 pontos, o América só não compõe o G4 do torneio por perder no saldo de gols para o Coritiba, quarto colocado. A redenção alviverde na temporada coincide, justamente, com a efetivação do técnico Felipe Conceição.

Para o treinador, a série de resultados ruins no início obriga o Coelho a encarar todas as partidas restantes como decisões.

"Todos os jogos para a gente, pelo início ruim que tivemos, são encarados como decisões. Falei isso para eles antes do jogo (contra o Oeste) começar. Tem que ser assim até o final. Não é fácil manter o desempenho e o aproveitamento que estamos tendo, mas tenho certeza que este grupo, por tudo que passou, vai ter forças para ir assim até o final", acredita.

Pés no chão

Integrante da comissão técnica fixa do clube, o carioca de 40 anos assumiu o comando em meados de julho, após a demissão de Maurício Barbieri. Sob a direção de Conceição, o América emplacou uma sequência de 12 jogos sem perder — foram oito vitórias e quatro empates. 

O Coelho conseguiu, inclusive, derrotar o líder Bragantino, equipe que só saiu de campo sem somar pontos em cinco das 30 rodadas. O treinador alviverde, no entanto, descarta elevar o desafio diante do Atlético-GO, 3° colocado, com 49 pontos, ao status de decisão única.

"A gente leva jogo a jogo. Os três pontos daqui (contra o Oeste) e os três pontos do jogo contra o Atlético-GO têm a mesma importância", resume.

Adversário regular

Embora viva um momento conturbado — tendo, inclusive, trocado o técnico Wagner Lopes por Eduardo Barroca, ex-Botafogo —, o Dragão tem uma das campanhas mais regulares da atual edição da Série B.  Segundo Conceição, a regularidade do Atlético-GO é, justamente, o principal obstáculo do América no duelo.

"É uma equipe forte, com bons jogadores de frente e que pontuou durante quase todo o campeonato, permanecendo no G4".

O próximo rival do América entrou de vez no grupo de classificação à Serie A na rodada 12, após vencer, justamente, o Coelho. A vitória por 2 a 1 no Independência levou o rubro-negro goiano ao terceiro posto.

Tags: felipe conceição atleticogo oestesp interiorfut seriea futnacional américa